Galiotte diz se há conflito de interesse em relação à Leila no Palmeiras: “Ela tem vários papéis”

Neste sábado (24), vai acontecer a eleição do Palmeiras para presidência, Maurício Galiotte e Genaro Marino estão na disputa. Leila Pereira, que é apoiadora de Galiotte na votação, exerce diversas funções dentro do clube. Além de ser patrocinadora ela é conselheira, torcedora, associada.

Bianca Turini
Jornalista graduada pela UNIP. Apaixonada por esportes desde que me conheço por gente. Procuro acompanhar um pouco de cada modalidade. Aprimorando sempre o Jornalismo Esportivo, que é o que me move.

Crédito: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação

Em entrevista ao portal UOL, Galiotte comentou sobre a presidente da patrocinadora, Leila Pereira e seus diversos papéis no Palmeiras. Questionado se há algum conflito no clube, o atual presidente disse:

“Essa é uma situação específica, peculiar. Ela tem vários papéis. Associada do clube, torcedora, conselheira, presidente da patrocinadora. Precisamos entender cada um dos papéis e entender a importância. A Leila no Conselho é conselheira, defende os pontos de vista, está no clube todos os finais de semana, conversa com associado. Como patrocinadora, ela fecha o contrato conosco, sempre busca fazer o que pode e não é hoje. Isso começou na gestão anterior, em 2015. Eu sempre defendi que a parceria é muito importante. Sempre defendi essa tese, briguei muito por isso e tenho convicção de que realmente é.”  

Veja os palpites dos especialistas para os jogos do Palmeiras

“Temos que colocar o Palmeiras em primeiro lugar. Fortalece o clube? Ajuda o clube? Então vamos fazer o que é melhor. Estrategicamente, quem quer fortalecer a marca e estar sempre entre os primeiros não pode abrir mão deste patrocínio. A não ser que tenha outro planejamento,” completou Galiotte.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Na mesma entrevista, foi questionado sobre o andamento da negociação com a Rede Globo para o ano de 2019.

“A questão é a seguinte: meu papel é defender o Palmeiras. Nós temos uma posição em relação à Globo, com indicadores de performance, números de audiência e retorno que dá o Palmeiras. Nós temos um indicador de audiência hoje que está entre os maiores do Brasil. E é isso que eu exponho na negociação. Está em andamento e esperamos chegar ao denominador comum, ao consenso. Todos os lados têm o limite. Só posso dizer que estamos em negociação.” 

LEIA MAIS:

GALIOTTE DIZ QUE PAULISTA É PEQUENO DEMAIS E DEVE SERVIR COMO PREPARAÇÃO PARA O PALMEIRAS EM 2019

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

ZÉ ELIAS RASPA O CABELO EM AÇÃO DA ESPN COM O GRAACC NO DIA DE COMBATE AO CÂNCER INFANTIL; VEJA