Polícia prende sétimo suspeito de envolvimento na morte de Daniel

Mais um suspeito de envolvimento na morte do jogador Daniel, ex-São Paulo, Botafogo e Cruzeiro, foi preso na manhã desta quinta-feira (15). Segundo o delegado Amadeu Trevisan, em resposta ao G1, o suspeito se chama Eduardo Purkote Chiuratto e é acusado de ter quebrado o celular do atleta, arrombado a porta do quarto de Cristiana Brittes e ajudado no espancamento.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Daniel (Rubens Chiri/saopaulofc.net)

VEJA TAMBÉM
Saiba tudo sobre o caso Daniel, jogador que foi assassinado

O delegado confirmou ao G1 que são sete os presos por suspeita de envolvimento no crime. Entre eles, o assassino confesso, Edison Brittes Júnior, que esfaqueou e degolou a cabeça, além de ter decepado o pênis do jogador.

O último suspeito foi preso em sua própria casa, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Eduardo também é o principal suspeito de ter ido à cozinha e ter pego a faca utilizada por Edison no momento do assassinato de Daniel.

Daniel foi morto por Edison Brittes Júnior no dia 27 de outubro, após participar da festa de aniversário de 18 anos da filha do empresário. O jogador teria sido encontrado na cama com Cristiana Brittes, esposa de Edison. O corpo do jogador foi encontrado em uma estrada rural, em São José dos Pinhais, sem roupa, com sinais de espancamento e tortura.

Quer ver Palmeiras x Vitória no dia 2/dez direto do estádio? Você pode levar um acompanhante. Só há uma maneira: clicando aqui para ligar ou acessando o site www.promotorcedores.com.br
E você ainda está concorrendo aos R$ 2000 e um papo com um ídolo do esporte.

Sorteio pela Loteria Federal. Valor da ligação: R$ 3,99 + impostos.