Receita do Flamengo cai mais de R$ 100 milhões em um ano

O Flamengo divulgou o balanço financeiro oficial do 3º trimestre de 2018 e apresentou um queda de receita se comparado ao mesmo período do ano passado. O decréscimo foi de R$ 114,876 milhões.

Joao Vitor Rocha
Colaborador do Torcedores
Flamengo

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Até o fim de setembro deste ano, a receita do Flamengo levando em consideração todas as áreas foi de R$ 395,155 milhões. Até o nono mês de 2017, a receita rubro-negra contando futebol, clube social e esportes amadores foi de R$ 509,991 milhões. Queda de R$ 114,876 milhões.

Se levarmos em conta apenas os valores envolvendo o futebol, a queda de receita é um pouco menor. Em 2018, até setembro, o Flamengo acumulou R$ 382,906 milhões. No ano passado, a receita até o mesmo período era de R$ 491,092. Decréscimo de R$ 108,186 milhões, apenas na área do futebol.

Promoção Torcedores: Clique aqui do seu celular ou ligue 04949984011250 para concorrer a R$ 2000 e a um encontro com um ídolo do esporte. Sorteio pela Loteria Federal
Valor da ligação: R$ 3,99 + impostos. Saiba mais www.promotorcedores.com.br

A principal diferença entre a receita do ano passado e a deste ano é referente ao quesito “repasse de direitos federativos”. O item diz respeito à venda de jogadores. Em 2017, o valor foi de R$ 180,773 milhões. No atual no, até setembro, essa quantia era de R$ 63,490 milhões.

Os valores ainda não levam em consideração a quantia referente a venda de Lucas Paquetá. O montante de 35 milhões de euros (R$ 122,28 milhões, na cotação desta segunda-feira) estará no balanço do 4º semestre.

LEIA MAIS

Vantagem do Palmeiras para vice-líder nunca foi tirada nos pontos corridos com 20 equipes

Clubes se unem e assinam documento pedindo VAR no Brasileirão; Vasco é contra