Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Riquelme: “Quem marcar primeiro na final da Libertadores tem imensa vantagem”

River Plate x Boca Juniors é o segundo jogo da final da Copa Libertadores da América de 2018. A partida acontece no estádio Antonio Vespuci Liberti, popularmente conhecido como Monumental de Nuñez, às 18h (Horário de Verão) deste sábado (24). Tida como a maior decisão sul-americana de todos os tempos, tudo que envolva a peleja chama atenção. Juan Román Riquelme falou sobre a peleja e ganhou destaque na imprensa argentina.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Instagram/Reprodução

Na última terça-feira (20), Juan Román Riquelme organizou um churrasco com outros atletas que atuaram no Boca Juniors. Dentre os mais famosos, destacam-se Carlos Navarro Montoya, Raúl Cascini, Óscar Córdoba e Mauricio Serna. A equipe da Fox Sports da Argentina esteve no evento e ouviu JR, como é popularmente conhecido, sobre a final.

Dos maiores ídolos da história do Boca Juniors, em momento algum o outrora camisa 10 xeneize escondeu sua torcida pelo CABJ. Ele, porém, não deu declarações polêmicas. Dentre uma série de clichês, JR falou sobre um aspecto curioso. “Sempre achei que, em um clássico, quem faz o primeiro gol tem muita vantagem. Espero que seja o Boca, aí teríamos uma enorme vantagem em um jogo tão equilibrado”, afirmou.

Quer ganhar R$ 2000 e um papo com um ídolo do esporte? Clique aqui para saber mais.
E você ainda pode ver Palmeiras x Vitória no dia 2/dez direto do estádio e levar um acompanhante.

Sorteio pela Loteria Federal. Valor da ligação: R$ 3,99 + impostos.

Román também se mostrou por dentro das equipes. “Temos sorte que [Rafae] Borré não poderá jogar, já que está suspenso. Ele estava jogando muito bem e é muito importante. Não esperava muito de [Sebastían] Villa no Boca, e ele está ajudando muito”.

Por fim, Riquelme também elogiou a eficiência xeneize. “O River jogou muito bem o primeiro tempo da primeira final, mas perdeu muitos gols. Boca não demonstra muito, mas se encontra sempre com o gol. Do nada faz um gol e isso é importantíssimo”, frisou.

LEIA MAIS
Mais de 880 jornalistas de 22 países cobrirão River Plate x Boca Juniors
Boca Juniors fará treino aberto na Bombonera antes da final da Libertadores; saiba quando
Fã de Guardiola, Matías Biscay comandará o River Plate na final da Libertadores; conheça