Veja as conquistas de Federer, Nadal, Djokovic e Murray com a mesma idade de Zverev

Aos 21 anos e 212 dias, Alexander Zverev conquistou seu 10º título na carreira. O primeiro troféu do ATP Finals é também o principal triunfo do alemão até aqui. E onde estavam alguns dos melhores jogadores da atualidade quando tinham a mesma idade de Sascha?

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / ATP World Tour

Ao derrotar o número 1 do mundo, Novak Djokovic, no domingo (18), Alexander Zverev bateu o ponto mais alto de sua ainda jovem carreira. Aliás, se tornou o mais jovem campeão do ATP Finals desde o próprio Djokovic, há uma década.

O jovem tenista já acumula outros títulos importantes. São três troféus de Masters 1000 e 23 vitórias contra oponentes dentro do TOP 10 do ranking as ATP. Os especialistas acreditam que ele seja o próximo número um do mundo. Seu compatriota, o também campeão da ATP Finals Boris Becker afirma que nasceu uma nova estrela. “Durante anos dissemos que o tênis precisava de novos rostos e novos jogadores fortes. Ele (Zverev) provou que ele é o melhor da nova geração. ”

Ao projetar o futuro de Sascha, é preciso olhar onde os outros quatro jogadores ativos que alcançaram o primeiro lugar do ranking estavam quando tinham a mesma idade de Zverev. Isto é, com 21 anos e 212 dias de vida.

Roger Federer

Considerando que Federer já ergueu 99 troféus em nível de turnê, pode-se surpreender que ele tinha apenas seis títulos com a mesma idade de Zverev.

O suíço estava em quarto lugar no ranking da ATP e já havia vencido 178 partidas no circuito. Federer ganhou seu primeiro título do ATP World Tour Masters 1000 apenas 10 meses antes, em Hamburgo, derrotando dois adversários dentro do Top 10 a caminho do que foi o maior triunfo de sua jovem carreira.

Federer completou 21 anos e 212 dias de idade em março de 2003. Depois disso, sua carreira decolou. Naquele ano ele ainda iria ganhar o seu primeiro Grand Slam em Wimbledon e seu primeiro título do Finals, vencendo Agassi em duas oportunidades. Hoje ele tem o recorde de títulos desta competição.

Rafael Nadal

Rafael Nadal estava bem à frente de Zverev quando tinha a mesma idade. O espanhol já havia conquistado 23 títulos em nível de turnê, incluindo suas nove primeiras coroas de Masters 1000 e três Roland Garros.

Em 2005, quando Nadal fez 19 anos, ganhou 11 títulos no circuito. Até hoje ele não superou essa marca. Aos 21 anos e 212 dias de vida, o touro Miúra já havia acumulado mais de 250 vitórias. De acordo com os dados da ATP, há menos de 200 jogadores na história que conquistaram esse número de vitórias no geral em nível de circuito.

Novak Djokovic

O sérvio conquistou seu primeiro troféu Nitto ATP Finals quando tinha 21 anos e 112 dias de vida. Esse foi o 11º título de Djokovic, e o melhor momento da carreira até então. Uma história bem parecida com a de Zverev.

Isso foi em 2008, quando Djokovic teve grandes conquistas. O atual número 1 do mundo venceu seu primeiro Grand Slam no Australian Open naquele ano, ergueu seu terceiro e quarto troféu do ATP World Tour Masters 1000 em Indian Wells e Roma, e venceu pelo menos 60 partidas pelo segundo ano consecutivo.

Djokovic passou todo o ano de 2008 em terceiro lugar no ranking da ATP. Naquela temporada, ele conquistou 11 vitórias contra os 10 melhores oponentes.

Andy Murray

Andy Murray estava na mesma posição que Zverev na mesma idade, ou seja, era o número quatro do mundo. O escocês havia conquistado cinco títulos do circuito da ATP em 2008, elevando seu total de carreira a oito com apenas 21 anos.

Murray também conquistou seus dois primeiros títulos de Masters 1000 naquela temporada, vencendo em Cincinnati e Madri. Ele também avançou para a sua primeira final de Grand Slam, derrotando Nadal pelo caminho, no ano em que Federer conquistaria seu quinto troféu.

Ainda que Murray tenha deixado a desejar na partida da final do US Open, naquela temporada ele venceu três de quatro confrontos contra Federer. Sua vitória contra Nadal, também em Flushing Meadows, foi a primeira contra o espanhol em seis tentativas.

Leia mais

Roger Federer: para a multidão, ver um jogo do maestro não tem preço