Torcedores – Notícias Esportivas

Comparado com Lucas Moura, atacante brasileiro do Al Ain passou pelo São Paulo

River Plate x Al Ain foi uma das semifinais do Mundial de Clubes da FIFA. A partida aconteceu nesta terça-feira (18), no Hazza Bin Zayed Stadium, na cidade da equipe emiradense. A surpreendente vitória do atual campeão nacional dos Emirados Árabes Unidos teve a presença de um brasileiro: Caio Lucas Fernandes, que teve passagem pela base do São Paulo.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Facebook/Reprodução

Nascido em 19 de abril de 1994, Caio Lucas Fernandes é paulistano – ou seja, nascido na cidade de São Paulo. Apesar disso, começou a jogar no América de São José do Rio Preto, tradicional clube do interior paulista. Em 2005, transferiu-se para a base do SPFC, onde ficou até 2009. No período, entre outros jogadores, jogou com Lucas Moura (ainda chamado de “Marcelinho” à época, e hoje no Tottenham) e Casemiro (Real Madrid). No Tricolor, ganhou um dos apelidos que o seguiriam no resto da carreira, até hoje lembrado no Al Ain: Baixinho. Ele, na época, tinha menos de um metro e meio (1,50m).

Jogão na Inglaterra! Veja o PROGNÓSTICO para Arsenal x Tottenham

Entre 2009 e 2011, porém, voltou para o antigo clube, no interior do estado. A maior mudança, porém, aconteceu após esse período. O Chiba Kokusai High School apostou na contratação do atleta e o ajudou na adaptação ao Japão. Em 2014, o Kashima Antlers fez um contrato profissional com o garoto – o primeiro da carreira dele. Logo no primeiro ano, foi eleito o melhor jogador jovem da J-League – primeira divisão japonesa. Também foi cogitado nos Samurais Azuis – seleção nacional do país nipônico. Deixou a equipe nipônico com 27 gols em exatos 100 jogos.

Em 2016, porém, foi para o Al Ain, onde está hoje. Seus números impressionam. Em 105 jogos, são 45 gols. Em outubro, passou a ser sondado pelo Porto, de acordo com a imprensa portuguesa.

LEIA MAIS
Eterna promessa do São Paulo, Sérgio Mota marca golaço na China; veja
Alan Kardec e Fernandinho marcam, mas perdem na China; veja os gols
Twitteiros pedem Anderson Talisca na Seleção; confira tweets