Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

César Cielo se torna o brasileiro com mais medalhas em mundiais de natação

Começou nesta terça-feira em Hangzhou, na China, o  14º Campeonato Mundial de Piscina Curta. E o Brasil conseguiu o terceiro lugar no revezamento 4×100 livre. Com a medalha de bronze no peito, o nadador César Cielo se tornou o brasileiro com maior número de conquistas em campeonatos mundiais.

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / CBDA

O revezamento brasileiro 4×100 livre tem vivido grande fase nos últimos anos, tanto em piscina longa, quanto na curta. Após o quarto lugar na Olimpíada Rio 2016, a equipe conquistou uma medalha de prata em Budapeste em 2017 e uma de ouro no Pan-Pacífico de 2018. Agora, na China, foi a vez de César Cielo, Marcelo Chierighini, Matheus Santana e Breno Correia capturarem o bronze no campeonato mundial de piscina curta.

Com a conquista, César Cielo somou 18 medalhas em mundiais. Ele ainda pode ampliar este recorde, já que vai disputar os 50m e os 100m livre. O objetivo maior é repetir o melhor resultado. Em 2010, na competição em Dubai, ele subiu ao lugar mais alto do pódio em ambas as provas.

“Foi uma medalha conquistada mesmo no desempenho e na superação de cada um. Posso dizer que minha vida para cá já foi justificada. Agora, quero aproveitar cada momento com cada amigo e tem muita coisa por vir. Sei que posso ampliar esse recorde e vou em busca disso”, declarou Cielo.

César Cielo ainda é o recordista mundial das provas de 50m e 100m livre, porém em piscina longa. Além disso, é único campeão olímpico da natação brasileira, tendo conquistado o ouro em Pequim, em 2008.

Divulgação / CBDA

Veja o desempenho de outros brasileiros no primeiro dia do Mundial:

400m livre masculino

Fernando Scheffer – 8º – 3m39s40

200m livre feminino

Manuella Lyrio – 9º – 1m54s87

Larissa Oliveira – 11º – 1m54s88

200m borboleta masculino

Luiz Altamir Melo – 6º – 1m51s99

Leonardo de Deus – 18º – 1m54s22

100m costas masculino

Guilherme Guido – na final – 49s45

Guilherme Basseto – 13º – 50s83

100m peito masculino

João Gomes Júnior – 11º – 57s26

Felipe Lima – 12º – 57s30

200m medley masculino

Caio Pumputis – 5º 1m53s05

Leonardo Santos – 6º – 1m53s38

 

Leia mais

Brasil vai com equipe mesclada para mundial de natação