Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Confira os 10 momentos mais marcantes na WWE em 2018

2018 está acabando e o Torcedores.com relembra os 10 momentos mais marcantes na WWE neste ano que passou

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, e amante de MMA e Pro-Wrestling. Profissional de TI e futuro jornalista

Crédito: Reprodução / wwe.com

 

10 – Retorno de Rey Mysterio

O ídolo da infância de muitos fãs da WWE, voltou após quase cinco anos fora lutando em empresas independentes. O palco para retornos surpreendentes, não poderia ser melhor. Na luta temática do Pay-Per-View Royal Rumble, Rey Mysterio apareceu como o número 27 da luta, e levou os fãs ao delírio.

9 – Roderick Strong se juntando ao Undisputed Era

Em abril deste ano, aconteceu o Pay-Per-View NXT Takeover New Orleans. No evento foi disputado o Dusty Rhodes Tag Team Classic, torneio de duplas em homenagem ao falecido lutador. Além do troféu, estava em jogo o título de duplas do NXT. Os atuais campeões do grupo Undisputed Era (Adam Cole e Kyle’O Reilly) enfrentaram os Authors of Pain e a dupla de Roderick Strong e Pete Dunne. O que ninguém esperava, é que Strong abriria mão da vitória ao trair Dunne, e dar o título ao Undisputed Era. Com o feito, Roderick Strong se juntou a Cole, Kyle, e o lesionado Bobby Fish, reforçando o aclamado grupo.

8 – Ladder Match pelo Título Norte-Americano do NXT

Qualquer novo cinturão já atrai as atenções, devido a curiosidade de saber quem será o campeão inaugural. Quando falamos de NXT, essa expectativa é dobrada, pela quantidade de excelentes lutadores que temos no roster. A primeira luta pelo Título Norte-Americano tinha tudo para ser épica. E foi. Uma ladder match (Combate de escadas onde o cinturão de campeão é pendurado em cima do ringue, e o vencedor é o competidor que sobe a escada e recupera o item). Em uma luta sensacional, Adam Cole venceu outros cinco lutadores e foi o primeiro campeão Norte-Americano do NXT.

https://www.youtube.com/watch?v=MDna3kA-lmA

7 – Retorno de Daniel Bryan

Após dois anos do anúncio de sua aposentadoria, Daniel Bryan foi liberado clinicamente para voltar aos ringues da WWE. Bryan voltou em meio a uma rivalidade de Kevin Owens e Sami Zayn contra Shane McMahon. A batalha de duplas marcou o retorno de um dos lutadores mais queridos da história da empresa. E o palco não poderia ser melhor: Wrestlemania!

6 – Ataque de Johnny Gargano em Aleister Black

Para que pudesse se tratar de sua real lesão, Aleister Black foi ‘atacado covardemente’ e teve de ficar de fora de uma luta pelo título do NXT. Após meses de investigações e especulações, o misterioso lutador era Johnny Gargano. Algo chocante aquela altura, devido a popularidade de Gargano como babyface. Uma rivalidade que nos deu uma grande luta no  NXT Takeover Wargames II.

5 – DX x Brothers of Destruction

Não foi o primor de técnica e agilidade devido a idade dos envolvidos. Mas ver quatro dos grandes lutadores da história da empresa, foi épico. Shawn Micheals dar seu famoso ‘moonsault‘ após anos de sua aposentadoria, é de arrepiar qualquer um. Undertaker e Kane contra Micheals e Triple H na Arábia Saudita foi um prato cheio de saudosismo para os fãs de wrestling.

https://www.youtube.com/watch?v=6YYe5fdW6mk

4 – Estreia de Ronda Rousey na Wrestlemania

O maior palco do Pro-Wrestling sempre guarda grandes coisas. Mas a estreia de Ronda Rousey era aguardada pelo planeta. A ex-lutadora do UFC chegou à empresa em janeiro, e criou uma rivalidade contra Stephanie McMahon e Triple H. Ronda se juntou a Kurt Angle, e deu um show em sua primeira luta.

3 – Dean Ambrose traindo Seth Rollins

Naquela mesma noite, Roman Reigns anunciou que estava se retirando dos ringues para tratar de uma leucemia. Seus companheiros de Shield vieram à ele e nos proporcionaram um momento emocionante. No final daquele RAW, Seth Rollins e Dean Ambrose lutariam pelo título de duplas e a vitória seria algo simbólico naquele momento tão triste para os fãs da WWE. O triunfo veio, mas mesmo com os títulos em mãos, Ambrose traiu Rollins e o atacou de maneira covarde. Algo chocante naquele momento de clima pesado devido ao ocorrido com Reigns.

2 – Rivalidade entre Tommaso Ciampa x Johnny Gargano 

O NXT foi a marca que nos deu grandes combates e rivalidades em 2018. Mas nada disso se compara ao que foi Tommaso Ciampa x Johnny Gargano. Três excepcionais combates, de pura violência, ataques pessoais e uma tremenda demonstração do que é o Pro-Wrestling. Grandes histórias que terminam em grandes lutas.

1 – Becky Lynch

Que as mulheres tem tido seu devido valor na WWE, isso já é fato. O mundo feminino do Pro-Wrestling não são mais biquinis curtos e corpos amostra. Agora tem que saber lutar. E o exemplo disso, podemos ver em Becky Lynch. Quando a irlandesa entra no ringue, sempre podemos esperar um show de luta-livre. Em 2018, Becky assumiu o papel da vilã badass, e a mudança foi muito bem recebida pelos fãs. Combates épicos contra Charlotte Flair, e uma rivalidade inacabada com Ronda Rousey. Becky Lynch foi o melhor acontecimento da WWE neste ano.

LEIA MAIS
Cris Cyborg critica UFC por mudança de última hora em evento

As melhores notícias de esportes, direto para você