Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dirceu Lopes se emociona em entrevista: “Deus me deu muito mais do que eu pensava”

O ex-jogador e ídolo do Cruzeiro, Dirceu Lopes, se emocionou em entrevista á ESPN. Ao comentar sobre o sentimento pelo futebol, ele foi as lágrimas.

Gabriel de Sá
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook

Dirceu Lopes concedeu entrevista á ESPN, e falou sobre vários assuntos. Ao ser perguntado sobre o seu sentimento em relação ao futebol, o ídolo do Raposa se emocionou: “Quando eu era garoto, sempre pedi a Deus ser um jogador do Cruzeiro, para dar conforto a minha família. Sempre que eu tenho oportunidade, eu penso que o chefe lá de cima me deu muito mais do que eu pedi.”

Dirceu ainda comentou sobre a Copa de 70, quando foi cortado por Zagallo: “Apesar da frustração da Copa de 70, vestir a camisa do Cruzeiro, e ser ídolo neste clube, já valeu toda a minha carreira.”

Ele aproveitou para criticar a fama: “Uma das coisas mais cruéis que o ser humano inventou foi a fama. Eu, felizmente, graças a Deus, não deixei que a fama me contaminasse. Sou muito feliz, e estou colhendo aquilo que eu plantei. Vou para eventos sem cobrar cachê, dando exemplo para o mundo do futebol”.

Dirceu Lopes foi um dos maiores jogadores do Cruzeiro. Apelidado de Príncipe, venceu a Libertadores de 1976, e o Brasileiro de 1966. Pela Seleção Brasileira, ganhou a Copa Rio Branco de 1967.

Saiba Mais:

Mercado da bola: Cruzeiro propõe troca ao Santos entre Thiago Neves e Bruno Henrique

Arrascaeta: “O Atlético-MG é um dos times que eu mais gosto de fazer gols”