Igor Julião: foto no metrô, eleitor de Haddad e camisa de Marielle Franco

Igor Julião chamou atenção na última rodada do Campeonato Brasileiro. Após Fluminense x América-MG, jogo que decretou o rebaixamento do Coelho e poderia fazer o Tricolor jogar a Série B, o lateral-direito foi flagrado voltando para casa de metrô. A cena tornou-se viral nas redes sociais. Em reportagem publicada hoje (12) no jornal Extra pelo repórter Rafael Oliveira, o atleta mostra que não é diferente dos demais jogadores apenas por conta do meio de transporte escolhido para ir e voltar dos estádios.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter/Reprodução

Abaixo, a foto de Igor Julião que o tornou conhecido nas redes sociais:

A entrevista de hoje começa, justamente, falando da repercussão que a foto causou. “Acho bizarro o foco das publicações não ser o fato de que eu não fui para o Maracanã de metrô por medo. Deixei a família em casa por segurança”, afirmou.

Julião quebra todos os clichês acerca de jogadores de futebol na entrevista. O lateral-direito, por exemplo, tem uma forte veia política. O atleta declarou voto em Fernando Haddad – adversário do candidato de muitos atletas no esporte, Jair Bolsonaro. Nos dois turnos do último pleto, um fato em comum, porém. Igor foi votar com uma camisa com o rosto de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro executada em março de 2018. Apesar da atitude e do clima quente que tomou conta do país durante o período eleitoral, o tricolor se mantém calmo. “Usei a camisa da Marielle porque representa algo importante para mim. Mas não entrei em discussão com nenhum jogador. Cada um vota em quem quiser”, disse.

Por fim, Igor Julião não deixou de contar que muitos jogadores o chamam de “filósofo” pelos assuntos que o atleta costuma pautar.

LEIA MAIS
No centenário da Revolução Bolchevique, relembre atletas socialistas
Ao contratar jogador no Equador, Ronaldo Fenômeno brinca: “Nem tenho dinheiro para isso”
Eleição do Internacional têm mais eleitores que mais de 5 mil cidades brasileiras