Libertadores 2019: saiba como assistir ao sorteio dos grupos AO VIVO na TV

Apenas oito dias depois do fim da Libertadores 2018, a edição de 2019 já “começa” nesta segunda-feira (17), às 21h (de Brasília), em Luque, no Paraguai. Ainda não haverá bola rolando, mas serão conhecidos os grupos e todos os confrontos das fases prévias.

Patrick Monteiro
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Conmebol Libertadores

Detentores dos direitos de TV da competição no Brasil, Fox Sports e SporTV transmitem o sorteio. O repórter Fernando Caetano estará no local do evento representando o primeiro. Nos estúdios do Rio de Janeiro, Nivaldo Prieto comandará a transmissão e terá as companhias de Rodrigo Bueno, Oswaldo Pascoal, Zinho, Abel Neto e Eugênio Leal. Já na emissora da Globosat, os enviados foram Felipe Diniz e Bárbara Coelho. Galvão Bueno, em São Paulo, apresentará, mais uma vez, o programa “Bem, Amigos”, que, simultaneamente, repercutirá a formação das chaves do torneio, ao lado de Arnaldo Cezar Coelho, Muricy Ramalho, Paulo César Vasconcellos, Caio Ribeiro, Júnior e Casagrande, além dos convidados Roberto Dinamite e Paulo Roberto Falcão.

Oito clubes brasileiros irão jogar a Libertadores 2019: Palmeiras, Flamengo, Internacional, Grêmio, São Paulo e Atlético-MG conseguiram a classificação pelo Campeonato Brasileiro, que teve o Alviverde levantando a taça de campeão. O Cruzeiro vai como vencedor da Copa do Brasil e o Athletico-PR, que faturou o troféu da Sul-Americana na última quarta-feira (12), foi o último a garantir vaga. Somente o Tricolor Paulista e o Galo precisarão passar por confrontos de mata-mata antes dos grupos. Ambos entram na segunda etapa eliminatória.

A Argentina, do atual campeão da Libertadores, River Plate, aparece logo atrás com sete clubes na disputa. Além dos Millonarios de Buenos Aires, estarão: Boca Juniors – que perdeu a final para o arquirrival, porém é o mais recente campeão argentino -, Godoy Cruz, Rosário Central, San Lorenzo, Huracán e Talleres. Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela têm quatro equipes cada.

Dos 47 clubes, 32 irão compor os oito grupos de quatro times. Haverá três fases eliminatórias para que sejam definidos os últimos quatro classificados, já que 28 estão garantidos. Dessa forma, 15 ficarão pelo caminho. Somente dois ainda são desconhecidos, pois resta o preenchimento de metade das vagas bolivianas. O torneio “Clausura” do país está na reta final.

Confira abaixo todos os representantes dos dez países

Argentina: Boca Juniors, Godoy Cruz, Huracán, River Plate, Rosário Central, San Lorenzo e Talleres.

Bolívia: Jorge Wilstermann, The Strongest e mais dois a serem definidos.

Brasil: Atlético Mineiro, Athetico-PR, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras e São Paulo.

Chile: Palestino, Universidad Católica, Universidad de Chile, Universidad de Concepción.

Colômbia: Atlético Nacional, Deportes Tolima, Independiente Medellín e Junior Barranquilla

Equador: Barcelona de Guayaquil, Delfín, Emelec e LDU de Quito.

Paraguai: Cerro Porteño, Libertad, Nacional e Olimpia.

Peru: Alianza Lima, Melgar, Real Garcilaso e Sporting Cristal.

Uruguai: Danubio, Defensor Sporting, Nacional e Peñarol.

Venezuela: Caracas, Deportivo La Guaira, Deportivo Lara e Zamora.

Leia também
Libertadores 2019: jogos de brasileiros serão exibidos no Facebook em cinco rodadas da fase de grupos