Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Novos documentos mostram contradição de Cristiano Ronaldo em suposto estupro

Após um período de calmaria, Cristiano Ronaldo pode voltar a ganhar as manchetes dos principais jornais do mundo por causa do suposto estupro, onde a ex-modelo Kathryn Mayorga acusa o craque português de abuso sexual em um caso que teria acontecido em 2009. Nesta sexta-feira (30) o jornal alemão Der Spiegel divulgou novos documentos do ‘Football Leaks’.

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Getty Images

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A publicação revelou algumas trocas de e-mails que comprovam a existência de um questionário de 41 páginas feito pelos advogados do jogador na época do ocorrido e mostra uma contradição na defesa do jogador.

Nos novos documentos, Cristiano Ronaldo afirma que a ex-modelo pediu para ele não continuar com a relação sexual. Antes disso, os advogados do craque português estavam alegando que os documentos revelados até então teriam sido adulterados por hackers.

O jornal Der Spiegel mostra duas versões diferentes de respostas de Cristiano Ronaldo para as mesmas perguntas do questionário elaborado Lavely & Singers, empresa de advogados de Los Angeles, o que pode significar que os documentos originais foram alterados para que nada incriminasse o jogador.

Um exemplo que pode ajudar a comprovar a alteração é que, em uma das perguntas, os advogados questionam se Mayorga “levantou a voz ou gritou alguma vez”. Na primeira versão, a resposta de Cristiano é que “ela disse ‘não’ e ‘pare’ várias vezes”. Já na segunda versão, a que possivelmente foi alterada para livrar o jogador, a resposta é apenas “não”.

Cristiano Ronaldo nega acusação de estupro:

Desde que o caso ganhou repercussão, Cristiano Ronaldo sempre fez questão de negar a acusação de estupro, afirmando que considera o abuso sexual um crime abominável. “Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero o estupro um crime abominável, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito”.

LEIA MAIS:
Revista divulga acordo entre Cristiano Ronaldo e ex-modelo que o acusa de estupro

Advogado afirma ter sido procurado por uma segunda vítima, que também acusa Cristiano Ronaldo de estupro