Opinião: Santos pode decepcionar Sampaoli, mas acerta em cheio ao contrata-lo

Todos sabem que Jorge Sampaoli, treinador que foi anunciado pelo Santos na última quinta-feira (13), é bem estudioso, sempre gosta de estar preparado e precisa das melhores estruturas para poder realizar o seu trabalho. O clube acertou em cheio ao contrata-lo.

Mateus Claudino
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Gabriel Rossi/Getty Images

Segundo pessoas próximas, Sampaoli quer conhecer as estruturas do CT Rei Pelé. Em relação a isso, ele irá se decepcionar. O Santos, entre os 20 clubes da primeira divisão do Brasileirão, tem um dos piores centros de treinamento. As atuais condições servem para o treinador? O presidente do Clube, José Carlos Peres, jogou todas as cartas na mesa? Fica a dúvida.

Outra ponto é o adiantamento da negociação. Em sua conta oficial no twitter, o peixe disse que já estava apalavrado com Sampaoli.

Mas nem tudo na vida é flores. Segundo uma matéria da “Folha de S.Paulo”, o estafe do jogador teria se assustado com a nota repentina do Santos.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Os clubes brasileiros ainda não sabem ser profissionais. O caso Anelka (Atlético-MG) e Drogba(Corinthians), é um dos exemplos de amadorismo. O peixe se arriscou de mais ao fazer isso.

Sampaoli gosta muito de treinar. Dois problemas em uma só situação. Ele vai conseguir ter tempo para treinar? Já que o calendário brasileiro é um dos mais malucos do mundo. Em seu último trabalho em um clube, o argentino teve quase três meses de pré-temporada. Aqui no Brasil, juntando as férias de início e meio do ano, não chega ao mesmo número.

A maioria dos jogadores brasileiros não gostam de treinar, isso é fato. Principalmente nas segundas, nos domingos quando precisa… Isso é uma barreira, e caso ele consiga quebra-la, mudará seu próprio status e também do futebol brasileiro.

O seu último trabalho foi com a seleção da argentina, onde chegou até a Copa do Mundo de 2018. Alguns falam que ele é culpado pela péssima campanha na principal competição entre seleções. Outros acham que a AFA (Associação de Futebol Argentino) foi a culpada, não oferecendo estruturas necessárias para o seu trabalho.

Estou entre aqueles que acham a AFA responsável por tudo. Ele foi apresentado no dia 1 de junho de 2018, teve menos de um ano para preparar uma seleção que, estava em guerra nos bastidores, tinha jogadores que mandavam e não gostavam de ser mandados.

Mascherano, e até Lionel Messi, não ajudaram o treinador. Na véspera do jogo contra a Nigéria, os jogadores foram pedir permissão a AFA para poderem escalar a equipe. Foi um desrespeito absurdo.

O ex-jogador fez um trabalho bom com a Universidad de Chile e seleção chilena. Os mesmos que dizem que o argentino é ruim, falaram a mesma coisa do Felipão. Bem, vcs viram o final, um tiro no próprio pé.

Lembrando que, na Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil, Sampaoli fez a seleção do Chile jogar maravilhas. A seleção derrotou a Austrália, eliminou a Espanha, perdeu para a Holanda. Foi eliminada na fase oitavas de finais pela seleção brasileira, nos pênaltis.

Apenas o tempo irá dizer se o trabalho deu certo ou errado. Mas o novo técnico precisará de colaboração de todos, inclusive da torcida do Santos.

LEIA MAIS:

Torcida do Santos prepara festa para receber Sampaoli neste domingo; veja como participar

Acertado com o Santos, Sampaoli solicita dossiê sobre promessas da base do Peixe

Santos: Contratação de Sampaoli divide opiniões de comentaristas; veja