Artilheiro no Japão, Patric revela sonho de jogar no Palmeiras e relembra golaço de Alex: “Zoava os amigos”

Talvez você não conheça Patric, mas ele é uma celebridade no Japão. O atacante brasileiro, quase desconhecido em seu país natal, tem números expressivos na Terra do Sol Nascente. Apesar do sucesso no Extremo Oriente, ele ainda mantém um sonho: jogar no Palmeiras. Ao menos é o que ele disse aos repórteres Pedro Cruz e Jorge Sauma, do portal Globoesporte.com.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Em seis anos no Japão, Patric conquistou cinco títulos no futebol do país. Os números deixam claro que isso não é coincidência. Em 2018, foram 37 partidas e 24 gols marcados no Sanfrecce Hiroshima. Antes de sua atual equipe, ele defendeu Kawasaki Frontale, Ventforet Kofu e Gamba Osaka. Ele por muito pouco não foi artilheiro da J-League – liga do esporte na Terra do Sol Nascente. Ele foi ultrapassado nas rodadas finais por um atleta bem mais conhecido que ele no Brasil. Ninguém mais, ninguém menos que Jô, artilheiro do Brasileirão de 2017 no campeão Corinthians e com passagens, também, por Manchester City, Internacional, e Atlético-MG. Atualmente, o ex-corinthiano está no Nagoya Grampus.

Apesar de ter “90% de chance” de renovar com a equipe de Hiroshima, ele não esconde sua vontade de jogar no Palmeiras em algum momento da carreira. “Se tivesse um convite, eu poderia pensar em voltar. Até por conta do atual técnico ser o Felipão, alguém que eu admiro muito. Era o meu time do coração quando moleque. Na minha época, era o time da Parmalat, com Oséas, Paulo Nunes, Alex… lembro quando o Alex fez aquele gol no São Paulo, com dois chapéus, um deles no Rogério Ceni, eu torcia mesmo, via pela televisão, zoava os amigos”, relembra Patric, nascido em Macapá, capital do Amapá.

LEIA MAIS
Twitteiros pedem Anderson Talisca na Seleção; confira tweets
Eterna promessa do São Paulo, Sérgio Mota marca golaço na China; veja
Ex-Atlético-PR faz golaço na Segunda Divisão Japonesa; veja