Preço de camisa do Palmeiras sobe 20%, São Paulo e Galo caem 25%; veja lista completa

A boa fase sempre tem um preço no esporte. Geralmente, ele recai sobre o bolso do torcedor. A camisa do Palmeiras, campeão brasileiro de 2018, subiu 20% no e-commerce, comparado com o valor da mesma no mês de agosto, na metade da temporada. O levantamento foi realizado pela Cuponomia. O custo do uniforme alviverde esteve em R$ 206,99 nas lojas online, há aproximadamente quatro meses. Agora, vai até R$ 247,40. Roupas de outros clubes também tiveram alterações nas cifras.

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação / Facebook / Cesar Greco / SE Palmeiras

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

No outro lado da moeda, o São Paulo, que liderou o Brasileirão por um período, teve queda em cerca de 25% no preço da camisa. Atualmente, o modelo torcedor I 2018/19 pode ser comprado no mercado da internet por R$ 188,92. Antes, o valor mínimo encontrado era de R$ 249,00. O mesmo ocorreu com o Atlético-MG: de R$ 212,49 para R$159,99.

Veja os palpites dos especialistas para River Plate x Boca Juniors

Assim como o Verdão, Corinthians e Chapecoense também passaram a lucrar mais. O aumento foi de 18% em ambos os casos. O Alvinegro escapou do rebaixamento poucas rodadas antes do fim da competição. Já o clube de Santa Catarina conseguiu o mesmo objetivo apenas na última chance.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Também variaram para cima: Grêmio (0,4%), Cruzeiro (0,4%), Botafogo (2,18%), Santos (7%), Bahia (12%) e Sport (18%). Caíram de preço os uniformes de: Flamengo (-11%), Internacional (-14%), Fluminense (-5%), Ceará (-9,09%) e Vasco (-11%), além do Tricolor Paulista e do Galo. Não tiveram mudanças: América-MG, Vitória e Paraná. A camisa do Atlético-PR não está disponível no e-commerce. A Cuponomia monitorou os valores entre 1 e 30 de agosto e nos dias 3 e 4 de dezembro. A empresa destaca que os preços citados estão sujeitos a alteração sem aviso prévio dos fornecedores.

 

Veja também: 

Em novidade no YouTube, Neymar fala de Premier League e aceita desafio na MLS

MAURO BETING RELEMBRA GAFE INESQUECÍVEL E DIA QUE FOI ‘MISTER M’ EM PALMEIRAS X CORINTHIANS

Meio-campista não garante permanência no Grêmio em 2019: “sentar com a diretoria e ver o melhor”

Veja os palpites dos especialistas para Junior Barranquilla x Atlético-PR