Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Representante da Blackstar já tentou comprar o Allianz Parque: “Era coisa de R$ 500 milhões”

Responsável por apresentar a proposta bilionária da Blackstar ao Palmeiras, o empresário Rubnei Quícoli tem em seu “currículo” uma tentativa de compra do Allianz Parque, estádio do Verdão entre 2015 e 2016. Segundo o UOL Esporte, na época, o executivo explicou ao então presidente Paulo Nobre que teria interesse na aquisição da exploração da arena.

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Foto: Reprodução/Facebook Allianz Parque

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

De acordo com a publicação, apesar de receber o sinal verde da diretoria do Palmeiras para seguir com a negociação, que previa deixar o clube gerir o estádio e queria, como contrapartida, estampar o uniforme com o nome do suposto interessado, Quícoli “sumiu” e o negócio não avançou.

Apresentamos na época uma proposta porque houve um problema com a parte que foi financiada pelo Banco do Brasil. Era coisa de R$ 400 milhões, R$ 500 milhões. Mas não andou por falta de interesse da construtora“. explicou Rubnei Quícoli ao UOL.

Sem acordo pela compra do Allianz Parque, Rubnei Quícoli reapareceu agora como representante e intermediário da Blackstar, empresa que estaria interessada em injetar mais de R$ 1 bilhão em patrocínios no Palmeiras.

Em entrevista à ESPN Brasil nesta quarta-feira (12), Quícoli deixou claro que a Blackstar não pretende concorrer com a Crefisa, atual patrocinadora do Palmeiras. “Estamos apresentando mais uma proposta de patrocínio. É diferente, não existe concorrência nem rivalidade. Não queremos substituir a Crefisa e colocar a Blackstar. Queremos que a Crefisa continue no Palmeiras”, explicou.

LEIA MAIS:
Leila Pereira estranha proposta de patrocinador dias antes da eleição e ironiza ajuda de Nobre