Sondado pelo Grêmio, centroavante se anima com a ideia de trabalhar com Renato: “Seria lindo”

A aventura no futebol chinês chegou ao fim para Marcelo Moreno. Aos 31 anos, o centroavante está livre no mercado depois de encerrar sua passagem pelo Wuhan Zall e, em entrevista ao portal GaúchaZH, admitiu que já recebeu sondagens de alguns clubes brasileiros – entre eles, o Grêmio.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Flickr/Grêmio

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Perguntado sobre como seria uma eventual parceria com o técnico Renato Gaúcho, o boliviano foi só elogios ao treinador:

“O Brasil todo acabou vendo o trabalho dele. É um cara excepcional, carismático dentro e fora de campo. Sabe tratar muito bem os jogadores, e isso é fundamental. Com certeza, seria lindo trabalhar com o Renato. Acredito que qualquer jogador quer ser comandado por um bom treinador”, comentou.

Entre 2012 e 2013, e depois brevemente em 2015, o jogador defendeu as cores do Grêmio e diz que até hoje mantém carinho pelo tricolor gaúcho.

Quer saber quem chega e quem sai dos clubes do Brasil e do mundo?

 

“Tenho carinho grande pelo Grêmio, sempre me trataram muito bem. Estamos falando de uma diretoria antiga, não tem nada a ver com a atual, que é vitoriosa. Sempre acompanhei o clube, desde quando estava na China. Tenho companheiros que estão aí e desejo o melhor para eles. Fico feliz pelos títulos que conquistaram, a torcida precisava”.

No total, Moreno fez 64 partidas e 22 gols pelo Grêmio.

LEIA MAIS:

Renato revela maior frustração no Grêmio e quem foi definitivo para a sua permanência: “Pesou muito”

Damião se irrita na web e dispara contra jornalista Fabiano Baldasso: “Tu não tem nosso respeito”

Bolzan avalia ano do Grêmio e relembra: “Não jogamos a final da Libertadores por erro do juiz”

D’Alessandro avalia desfecho do Brasileirão, parabeniza Palmeiras e elogia Felipe Melo: “Ele veste a camisa”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram