Conheça os 7 melhores tenistas de simples que já passaram pelo Rio Open

O Rio Open anunciou a venda de ingressos para o torneio que será realizado entre os dias 18 e 24  de fevereiro de 2019 no Rio de janeiro. Dominic Thiem, campeão da edição de 2017, e número 8 no ranking da ATP, está confirmado. Além dele, outros tenistas figurantes no TOP 10 de simples já engrandeceram o evento brasileiro.

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / Rio Open

A maior competição de tênis no Brasil é o Rio Open, um ATP 500. Ou seja, além da premiação em dinheiro, o vencedor soma 500 pontos no ranking do ATP. Com um calendário anual que inclui 13 Masters 1000 e quatro Grand Slams, eventos que dão ao vencedor mais pontos e mais dinheiro, uma competição como a realizada no Rio não é prioridade para tenistas que estão entre os melhores no mundo.

Ainda assim, sete jogadores, que na época do torneio ocupavam um lugar no TOP 10 da ATP, passaram pelo Rio de Janeiro. Em sua maioria, são atletas que tem preferência por jogos no saibro, como Rafael Nadal. O espanhol esteve presente em três edições. Foi campeão em 2014, em uma das vezes que figurava em primeiro lugar do ranking.

Confira abaixo a lista dos tenistas mais bem posicionados que trocaram algumas bolas nas quadras de saibro do Rio Open.

1. Rafael Nadal

Divulgação / Rio Open

2014 – número 1 da ATP

O espanhol esteve presente no ano de reestreia da competição. Ele foi campeão vencendo Alexandr Dolgopolov na final.

2015 – número 3 da ATP

O Touro Miúra voltou no ano seguinte para defender seu título. Porém, perdeu para Fábio Fognini na semifinal.

2016 – número 5 da ATP

Nadal seguia como o participante mais bem ranqueado em 2016. Ele foi eliminado mais uma vez na semifinal, para o uruguaio Pablo Cuevas, que viria a ser campeão.

2. Marin Cilic

Divulgação / Rio Open

2018 – número 3 da ATP

Cilic chegou ao Rio de Janeiro com a melhor posição que já conseguiu no ranking da ATP. Mas acabou sendo eliminado nas oitavas de final por Gael Monfils.

3. David Ferrer

Divulgação / Rio Open

2014 – número 4 da ATP

David Ferrer poderia ter encarado seu conterrâneo na final desta competição. Mas perdeu para Alexandr Dolgopolov na semifinal.

2015 – número 9 da ATP

Apesar de ter caído algumas posições no ranking, foi em 2015 que o espanhol conquistou o título do Rio Open. Venceu o italiano Fognini na final.

4. Kei Nishikori

Divulgação / Rio Open

2017 – número 5 da ATP

O japonês Kei Nishikori chegou como um dos favoritos, e era cabeça de chave número 1 do torneio. Caiu logo na estreia na disputa contra Thomaz Bellucci.

5. Dominic Thiem

Divulgação / Rio Open

2017 – número 8 da ATP

Não foi o ano de estreia de Thiem na competição, mas foi quando ele saiu do Rio Open como campeão.

2018 – número 6 da ATP

Chegou para defender o título, mas enfrentou um Fernando Verdasco avassalador nas quartas de final.

6. Jo-Wilfried Tsonga

Divulgação / Rio Open

2016 – número 9 da ATP

O francês era o cabeça de chave número 3 do torneio, mas foi eliminado pelo brasileiro Thiago Monteiro na primeira rodada.

7. Pablo Carreño Busta

Diuvlgação / Rio Open

2018 – número 10 da ATP

Muito solto no saibro, Carreño Busta acreditou que teria boas chances no Brasil. Mas conquistou apenas uma vitória no Rio Open. Em 2017, porém, o espanhol jogou duplas com o Pablo Cuevas e conquistou o título.

 

Leia mais

ESPN não renova contrato com Fernando Meligeni

ITF estuda juntar a Copa Davis com a Copa das Nações da ATP, diz André Sá