Guia do Pernambucano 2019: confira o que você precisa saber sobre a competição

A partir do dia 19 de janeiro, a bola começar a rolar nos gramados pernambucanos. Acirrada, a edição de 2019 contará com apenas 10 representantes – uma equipe a menos em relação à temporada passada. Com a missão de destronar o Trio de Ferro, equipes como Central, Salgueiro e Vitória buscam um título ainda inédito para o interior. 

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação - FPF

Nas duas últimas edições do estadual, Salgueiro e Central chegaram à grande decisão, mas acabaram sucumbindo diante de Sport e Náutico respectivamente, e viram o sonho de conquistar o estado ser adiado. Curiosamente, o Pernambucano de 2019 já começa com uma reedição da final da última temporada entre Timbu e Patativa.

Após bater na trave em 2018, a Patativa vive grandes expectativas para esta temporada. Completando cem anos em junho, a equipe alvinegra manteve algumas peças do time titular e se movimentou bastante, trazendo nomes como Paulinho Mossoró, Renan Teixeira entre outros reforços. Para comandar o elenco centralino, o experiente Estevam Soares foi o escolhido. Com passagens por grandes equipes do cenário nacional, o treinador busca uma remontada em sua carreira após alguns anos longe dos holofotes.

No Carcará do Sertão houve uma forte reformulação em relação à equipe que na temporada passada acabou caindo para a Série D. Mantido no cargo, Sérgio China teve a missão de montar um novo elenco mais rejuvenescido e com alguns peças de nomes no cenário nordestino, como por exemplo, o lateral Léo Carioca, ex-Treze.

TRIO DE FERRO

Tradicionalmente favoritos para o estadual, os times da capital vivem momentos distintos no sentido de preparação. Enquanto o Náutico e Santa Cruz largaram na frente na montagem dos seus respectivos elencos, e aparecem praticamente fechados para este primeiro semestre, o Sport que recentemente passou por eleições presidenciais após amargar o rebaixamento à Série B, está passando por uma intensa reformulação.

Cortando gastos, o Leão da Ilha já liberou vários atletas para controlar a folha salarial mais enxuta em 2019. Buscando acertar em negociações com ótimo custo-benefício. Nomes como Magrão, Maílson, Raul Prata, Sander permanecem para esta temporada, e a nova diretoria leonina corre contra o tempo para fortalecer o plantel de Milton Cruz.

REGULAMENTO

Na primeira fase do Campeonato Pernambucano, todas as equipes jogam entre si em turno único. Os dois times com piores campanhas após as nove rodadas disputadas automaticamente é rebaixado para a Série A2 do Estadual. Os demais garantem vaga nas quartas de final da competição, com os quatro primeiros com a vantagem de atuar o segundo jogo como mandante. O gol qualificado não funciona como critério de desempate. Caso ocorra empate na soma dos resultados, a disputa vai para as penalidades.

MAIORES CAMPEÕES

Sport – 41 títulos

Santa Cruz – 29 títulos

Náutico – 22 títulos

América – 6 títulos

PRIMEIRA RODADA:

19/01

Sport x Flamengo de Arcoverde – 16h

Central x Náutico – 16h

20/01

Santa Cruz x América – 16h

Afogados x Petrolina – 16h

Salgueiro x Vitória – 16h

LEIA MAIS: