Como o Palmeiras mudou nos seis anos de Prass no clube

O dia 20 de janeiro de 2019 marca o sexto aniversário da estreia de Fernando Prass com a camisa do Palmeiras. A estreia aconteceu em jogo contra o Bragantino, pelo Campeonato Paulista de 2013. Uma chegada que foi crucial para a mudança de patamar do time, hoje um dos personagens do futebol brasileiro

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Desde a chegada de Prass, o Verdão se tornou um time muito diferente do que o goleiro encontrou em sua chegada, em 2013. O Torcedores.com enumera as principais mudanças sofridas pelo Alviverde desde então.

Confiança no gol

A chegada do goleiro aconteceu em um momento no qual os considerados ‘sucessores’ de Marcos (Deola e Bruno) sofriam com críticas e más atuações. A decisão de trazer alguém de fora da escola de goleiros palmeirense foi para dar tranquilidade na meta.

E deu certo. O arqueiro se estabeleceu como um dos ídolos do Verdão, trouxe estabilidade no gol e foi heroi em vários momentos. Além disso, seus outros concorrentes pela vaga (Jailson e Weverton) também passaram a ter tranquilidade para trabalhar com o fato do Palmeiras ter goleiros de confiança.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

De rebaixado a ‘time da moda’

Fernando Prass chegou ao Palmeiras com o time novamente rebaixado para a Série B, com problemas financeiros e iniciando a primeira gestão de Paulo Nobre. Remanescente deste período, o goleiro assistiu a reconstrução de um clube praticamente do zero.

De um time que vivia em crise, o arqueiro viu o Verdão se reestruturar, quase ser rebaixado novamente em 2014. Mas conseguiu saborear os frutos do sucesso na ‘era Crefisa/Allianz Parque’, esta desde 2015. Uma era que trouxe estabilidade financeira, aporte para montar times competitivos e colocou o Alviverde de vez como o ‘time da moda’, o ‘bicho-papão’ do futebol brasileiro.

Com Prass, Palmeiras de novo campeão

O Palmeiras conquistou o título da Série B em 2013 com o goleiro, mas o que a torcida mesmo queria era ver o time campeão de novo de torneios de peso. E na primeira conquista da ‘nova era’, o arqueiro teve presença fundamental, ao bater o pênalti que deu ao Alviverde a conquista da Copa do Brasil.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Uma lesão o impediu de ser o titular da conquista do Brasileirão 2016 e a boa fase de Weverton o deixou na reserva em 2018. Mas não há dúvidas que a chegada do goleiro trouxe os bons ares de volta ao Palestra Itália. Disso nenhum torcedor pode duvidar.

LEIA MAIS

Reforço do Palmeiras, Ricardo Goulart se declarou torcedor palmeirense na infância

Torcedores do Palmeiras comemoram retorno do clube aos gramados: “Acabou a abstinência”

Renovação de Dudu com o Palmeiras demonstra importância do Avanti para o clube; confira

(Crédito da foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)