Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Nove jogadores contratados na ‘era Alexandre Gallo’ já deixaram o Atlético; veja lista

A situação financeira do Atlético-MG em 2018 impediu um investimento alto nas contratações, cenário que foi comum nos últimos anos. Emprestados e apostas ditaram o ritmo dos reforços do Galo. Muitos não vingaram e foram devolvidos a seus clubes. No total, nove jogadores contratados na ‘era Alexandre Gallo’, então diretor de futebol, já deixaram o alvinegro.

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Bruno Cantini

O último foi o atacante Denílson, certamente a que mais gerou polêmica entre os torcedores. Além de não ter agradado nas quatro linhas, o contrato de cinco anos foi bastante contestado pela massa. O jogador ficará no Al Faisaly até maio de 2019, quando termina a temporada no Oriente Médio.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 
Denilson

Divulgacao/Twitter

Também no setor ofensivo, Erik foi mais um que não vingou em Belo Horizonte. O atacante de 24 anos realizou 25 partidas e anotou apenas dois gols. Foi cedido ao Botafogo até o restante do Campeonato Brasileiro e retornou ao Palmeiras. Não se sabe se ele será aproveitado no esquema de Felipão.

Ainda no setor ofensivo, o argentino Tomás Andrade chegou com grande expectativa. Durante o ano, alterou titularidade e reserva. Não teve a sequência esperada com Thiago Larghi. Com Levir Culpi, sequer foi utilizado e o clube decidiu pela não continuidade.

Diferentemente de Róger Guedes, que teve destaque no Galo e não permaneceu pelas cifras astronômicas da China. Do ponto de vista financeiro, o Atlético não saiu no prejuízo. No entanto, sua perda foi muito sentida na questão técnica.

Róger Guedes

Bruno Cantini

Na Série B, Edinho brilhava no Fortaleza sob o comando de Rogério Ceni. Logo na sua chegada ao Galo, uma lesão muscular na coxa esquerda impediu que pudesse mostrar seu valor. Já na reta final de 2018, não convenceu nas poucas vezes que entrou em campo. O meia-atacante está de volta ao Leão.

Marques, agora responsável pelo futebol do clube, gostaria de contar com Matheus Galdezani, mas as conversas com o Coritiba não evoluíram. Fez  24 partidas, sendo 12 desde o início. Arouca também veio emprestado pelo Palmeiras, porém, decepcionou e acabou repassado ao Vitória.

Sem Marcos Rocha, a cúpula atleticana trouxe Samuel Xavier. Chegou a ter chances com Osvaldo de Oliveira, mas logo acabou no banco. O desempenho abaixo do esperado o levou para o Ceará.

Bruno Cantini

Por fim, o zagueiro Juninho é outro que já deixou o Galo. Não demonstrou segurança e foi devolvido ao Palmeiras.

LEIA MAIS:

ATLÉTICO TEM REUNIÃO PARA DECIDIR FUTURO DE MEIA; RESCISÃO NÃO É DESCARTADA

MERCADO DA BOLA: DUPLA ACERTA EM DEFINITIVO COM O ATLÉTICO-MG

MEIA REVELADO PELO ATLÉTICO ACERTA COM CLUBE CARIOCA

EX-ATLÉTICO É REPROVADO EM EXAMES MÉDICOS E NEGOCIAÇÃO É CANCELADA

MERCADO DA BOLA: ATLÉTICO ACERTA EMPRÉSTIMO DE LATERAL