Cruzeiro atualiza situação física dos reforços e Marquinhos Gabriel analisa forte concorrência na equipe

O Cruzeiro se prepara para no mês de março começar a caminhada rumo ao tri da Copa Libertadores e, para isso, a expectativa é que os reforços para 2019 estejam todos às disposição do técnico Mano Menezes. No momento, segundo informou o clube, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho, nomes mais badalados que chegaram à Toca da Raposa, trabalham em dois período visando a melhora do condicionamento físico.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Vinnicius Silva/Cruzeiro/divulgação

Nesta segunda-feira (28), os atletas celestes ganharam folga, já que no último domingo (27) disputaram o clássico diante do arquirrival Atlético. Contudo, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Dodô fizeram um trabalho de fortalecimento muscular na academia acompanhado dos preparadores físicos Emerson Polimeno e Anderson Nicolau. Já no período da tarde, os atletas realizaram uma atividade em campo.

Para Marquinhos Gabriel, estas atividades são de muita importância para que os jogadores cheguem ao condicionamento físico ideal e possa disputar espaço no elenco da Raposa, que é bastante qualificado.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“É importante demais esse trabalho. Necessitamos dessa força para chegar dentro de campo e ter maior resistência no jogo para desenvolver um bom trabalho. Espero que até o final de semana possamos começar o trabalho com bola”, comentou Marquinhos Gabriel, que analisou a forte concorrência na equipe celeste.

“Temos jogadores qualificados demais, então precisamos correr atrás dos nossos objetivos, e quem ganha com isso é o elenco cruzeirense. Essa concorrência que está se criando aqui dentro é muito bom para a equipe e creio que no final do ano vamos colher os frutos desse trabalho”, finalizou Marquinhos Gabriel ao site oficial do Cruzeiro.

LEIA MAIS:

CAIO RIBEIRO CRITICA FMF COM VEEMÊNCIA POR TER MANTIDO RODADA DO MINEIRO APÓS TRAGÉDIA EM BRUMADINHO