Cruzeiro recusa oferta da Europa por zagueiro revelado na base

Fabrício Bruno é cria da base do Cruzeiro e após um período de empréstimo para a Chapecoense, retornou a Belo Horizonte e foi reinserido no elenco principal comandado por Mano Menezes. Nesta quinta-feira (31), o empresário do atleta, Fábio Mello, confirmou em entrevista ao “Super FC” que o defensor recebeu uma proposta de um clube italiano, mas que foi prontamente negada pela diretoria da Raposa.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Reprodução/internet

Segundo o “Super FC”, Fábio Mello não quis entrar em detalhe sobre qual clube estaria interessado em Fabrício Bruno, mas afirmou que os italianos seguem monitorando o zagueiro e que no futuro podem fazer uma nova investida, já que neste momento o Cruzeiro não pretende negociar o atleta.

Por outro lado, o portal “Superesportes” afirma que os italianos estavam dispostos a pagar 400 mil euros pela cessão de Fabrício Bruno, sendo que, posteriormente, a transação poderia chegar ao montante de 4 milhões de euros, aproximadamente R$ 16,9 milhões.

O Cruzeiro é dono de 70% dos direitos econômicos do zagueiro Fabrício Bruno e estendeu o contrato do atleta até dezembro de 2021.

Além de Fabrício Bruno, a Raposa conta no momento para a zaga com Dedé, Léo, Murilo e Cacá. Nesta quinta-feira, o Cruzeiro entra em campo no jogo que fecha a 4ª rodada do Campeonato Mineiro, quando enfrenta o Boa Esporte, em Varginha, no Melão, às 20h.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

LEIA MAIS;

THIAGO NEVES ANALISA PERDA DE VELOCIDADE DA EQUIPE DO CRUZEIRO APÓS SAÍDA DE ARRASCAETA