Cruzeiro rompe com FMF e vice lamenta postura de dirigente do Atlético

O tão esperado clássico entre Cruzeiro e Atlético com o Mineirão dividido não acontecerá no próximo domingo, pelo Estadual. Nesta quinta-feira, o vice presidente de futebol da Raposa, Itair Machado, criticou a postura da FMF (Federação Mineira de Futebo), que na sua visão, deveria ter tido uma participação maior no processo.

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cruzeiro Esporte Clube

A Federação não intermediou (o contato entre os clubes para clássico com torcida meio a meio). O Cruzeiro abriu mão de tudo, tudo que foi pedido o Cruzeiro abriu mão. Esse e-mail que o Atlético mandou ao Cruzeiro, falando que não poderia ter o primeiro clássico dividido, porque o Cruzeiro não aceitou renda dividida, nós aqui somos respeitados no futebol. Quando aconteceu a primeira reunião com o Atlético, e eu tenho testemunhas, até o advogado Carlos Alberto Arges, que participou e o Domênico (Bhering), diretor de comunicação do Atlético, que o presidente do Atlético já concordou que esse primeiro clássico não poderia ter renda dividida”, explicou.

Tudo que o Atlético pediu, o lado dele, o vestiário continuaria com a gente, a única coisa que iria fazer era cruzar. Eles (Atlético) poderiam ficar com o lado do bandeirinha (banco), que, para mim, hoje, não vale nada. Camarotes, nós concordamos. Uma coisa que o presidente do Atlético falou, por meio do Domênico, eu concordo, que é difícil dividir o Mineirão, não é fácil. Mas desde quando teve a reunião, se tivesse realmente o interesse de fazer, teria resolvido”, completou Itair.

Cruzeiro

Reprodução/YouTube

Incomodado com o tratamento da Federação, Itair declarou que o clube está rompido com a entidade e pede anulação da eleição do atual presidente Adriano Aro

Mas porque a Federação não intermediou? Porque o vice-presidente (Castellar Neto, da FMF e da CBF) não aceita. Do nosso lado, o presidente autorizou, eu fiz a reunião e abri a mão de tudo. Do outro lado, não teve esse bom senso. O Cruzeiro sempre é atacado pelo vice-presidente jurídico deles. O cara nem sabe de futebol, nem sabe se a bola é redonda ou quadrada. Mas é um problema deles. Enquanto esse sujeito estiver lá, da parte do Cruzeiro não tem acordo não. Eles cuidam da parte deles, e a gente cuida da nossa. A partir deste momento, o Cruzeiro está rompido com a Federação Mineiro. Desde às 7h da manhã estamos estudando com os nossos advogados para pedir a anulação da eleição, que a gente entende que foi ilegal. O Cruzeiro vai entrar na Justiça pedindo essa anulação. Tudo que se briga na Federação e até mesmo na CBF, o Cruzeiro perde por causa desse vice-presidente. A decisão que eles deram em questão de ingresso, não existe setor roxo, laranja, amarelo para o visitante. Chama setor visitante”, disse.

Críticas ao vice do Galo

Por fim, Itair Machado lamentou a forma desrespeitosa que o vice do Atlético, Lásaro Cândido, trata seu rival em postagens nas redes sociais.

É pequena (a mentalidade), porque se quisesse mesmo olhar o lado do torcedor deles, eles teriam flexibilizado e conversado direito para ter o clássico. Aí, se eles não querem, vocês tem que perguntar porque eles não querem. Se quiserem abrir de novo, o nosso presidente que vai decidir. Mas, por mim, não teria mais, porque essa pessoa fica desrespeitando o Cruzeiro na rede social, coisa que a nossa administração, em momento nenhum fez. A gente sabe que o presidente lá (Sergio Sette Câmara) está fazendo um grande trabalho, mas não tem como segurar o dedo de ninguém no Twitter”, concluiu.

LEIA MAIS:

VICE DO CRUZEIRO FALA SOBRE AS CHANCES DE CONTRATAR KENO, EX-PALMEIRAS

CRUZEIRO PODE TER BAIXA IMPORTANTE PARA O CLÁSSICO CONTRA O ATLÉTICO-MG

CRUZEIRO X ATLÉTICO: LIMINAR FAVORÁVEL AO GALO IMPÕE PREÇOS DOS INGRESSOS DO CLÁSSICO ‘IGUAIS’