De Minaur conquista primeiro título em casa

Profissional desde 2015, Alex de Minaur começa a colher seus principais frutos quatro anos depois. Diante de amigos e familiares, o australiano teve o gosto de erguer o primeiro troféu da ATP neste sábado (12). Ele venceu o italiano Andreas Seppi por 7-5, 7-6 (5) em Sydney, sua cidade natal.

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / ATP Tour

“É surreal. Não consegui pensar em um lugar melhor para conseguir minha primeira vitória”, disse De Minaur após a conquista. Aliás, a partida contra Andreas Seppi foi a segunda final do atleta de 19 anos em Sydney. Ano passado, perdeu para o russo Daniil Medvedev, de virada por 2-1, com parciais de 1-6, 6-4 e 7-5.

Em 2019, a final teve um começo diferente para ele. De Minaur começou concedendo a primeira quebra a Seppi. Conseguiu empatar a partida quando estava 3-3. O set parecia estar se encaminhando para um tie-break até que De Minaur quebrou no 12º jogo para levar uma vantagem.

O segundo set também foi complicado para o australiano. O italiano foi o primeiro a ganhar um break point, após dupla falta de seu oponente para levar 4-3. Mas De Minaur reagiu imediatamente, quebrando Seppi e levando a partida para 4-4. O jogo seguiu até o tie-break. Na disputa, De Minaur se recuperou de uma mini-quebra em três ocasiões, antes de conquistar o título.

O jogo contra o italiano foi o segundo do dia para Alex. Ele havia disputado a semifinal contra Gilles Simon no sábado mais cedo. A partida não pode ser realizada na sexta por conta da chuva.

O jogador de 19 anos se tornou o mais jovem vencedor em Sydney desde que Lleyton Hewitt o conquistou em 2001. De Minaur, nascido em Sydney, é o primeiro campeão australiano no torneio desde Bernard Tomic em 2013.

No ano passado, De Minaur também alcançou outras duas finais. Em Washington, perdeu a final do Citi Open para Alexander Zverev. Em Londres, na decisão do Nex Gen ATP Finals, não conseguiu parar o grego Tsitsipas. Em 2018, o australiano subiu do número 208 para o número 31 no ranking ATP, e em 2019 já ocupa a 29ª posição.

Leia mais

Bruno Soares e Jamie Murray conquistam ATP 250 de Sydney