Novak Djokovic atropela Rafael Nadal e é campeão do Australian Open

O maior campeão do Australian Open. Este é Novak Djokovic, que venceu Rafael Nadal na final deste domingo (27). Com parciais de 6-3, 6-2 e 6-3, o sérvio conquistou seu sétimo título do Grand Slam do Pacífico.

Paula Rühling
Jornalista formada pela Universidade Federal de Mato Grosso, apaixonada por esportes. Ex atleta de natação e típica jogadora de tênis de final de semana. Objetivo de vida: nunca deixar de contar boas histórias.

Crédito: Divulgação / Twitter @AustralianOpen

Novak Djokovic fez uma final perfeita, e fez um jogo contra Rafael Nadal parecer fácil de vencer. Se os fãs do esporte esperavam uma batalha de horas, como aconteceu em 2012, ficaram desapontados com a velocidade em que Nole conseguiu a vitória. No 53º encontro dos tenistas, o sérvio precisou de apenas 2h04 para derrotar o espanhol em três sets a zero. Aliás, esta foi a partida em até cinco sets mais rápida entre eles.

O número um do mundo venceu o seu terceiro título de Grand Slam na sequência, alcançando seu 15º título de major. Assim, ele ultrapassa Pete Sampras e Roy Emerson em troféus deste nível. Fica atrás apenas do próprio Nadal, com 17, e Roger Federer, com 20.

O Jogo

Novak Djokovic começou sem tomar conhecimento de Rafael Nadal em quadra. Nos três primeiros games, foram 10 pontos contra apenas um do espanhol. Para um jogador que passou um carro por cima de outros oponentes no torneio da Australia, Rafael parecia acuado com o desempenho de Novak.

Djokovic estava brilhante, inspirado e até mesmo com sorte de campeão. Ele devolvia todas as bolas de saque do espanhol. Por outro lado, Nadal não teve chances de quebra em todo o primeiro set. O tenista número dois do mundo marcou apenas um ponto durante os saques do número um, que fechou o placar em 6-3.

No sexto game do segundo set, após mais uma quebra do saque de Nadal por Djokovic, o espanhol parecia enfim capaz de superar o sérvio. Conseguiu duas igualdades, mas a oportunidade foi embora rapidamente. E com duas quebras, as vezes por jogadas espetaculares do melhor da atualidade, outras por erros não forçados de Rafa, Nole fechou o set em 6-2.

No terceiro set, parecia que enfim haveria uma grande disputa. Os rallys aumentaram, já que Rafael Nadal mostrava sua força mental para continuar na partida. Mas para cada winner de Nadal que levantava a torcida, havia uma resposta de Djokovic que levavam todos a loucura.

Apesar de estar muito superior no jogo, Djokovic não relaxou. Manteve o nível altíssimo do começo ao fim. Por isso, ainda no terceiro game ele conseguiu mais uma quebra. Neste momento, o recado estava dado: este título será meu. E foi justamente sobre o saque do Nadal no nono game, que ele conquistou o titulo.

Leia mais

Rafael Nadal após derrota: “Estas duas semanas não poderiam ter sido melhores para mim”

Nadal x Djokovic: Relembre a épica final de 2012 no Australian Open

Naomi Osaka vence Australian Open e se consagra como número 1 do mundo