Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-diretor da Naughty Dog critica Red Dead Redemption 2 no Twitter

Bruce Straley, co-diretor de jogos como The Last of Us e Uncharted 4: A Thief’s End pela Naughty Dog, criticou a falta de liberdade que Red Dead Redemption 2 oferece ao decorrer das missões, através do Twitter.

Matheus Piccinin
Jornalista formado pela Universidade de Sorocaba (UNISO), trabalhou com assessoria de imprensa em basquete e é podcaster amador. No tempo livre, é main tank e shotcaller no Overwatch.

Crédito: Divulgação Rockstar Games.

O comentário de Straley foi uma resposta ao tweet original de Matthew Gallant, designer de jogos e engenheiro de software da Naughty Dog. Nele, Gallant compartilha uma imagem e exalta um momento do jogo.

Em sequência, Straley diz: “O jogo me matou quando tentei flanquear nessa missão, como em tantas outras missões do Red Dead Redemption 2. Eles precisam que eu faça o que a história pede e continuam removendo minhas opções. O ambiente era aberto e eu tinha a capacidade, mas eles me puniram por pensar por conta própria, ao invés de me recompensar”.

Criador do tweet original, Gallant responde: “Eu concordo totalmente! As missões são épicas, mas, super frágeis. Estou contente que o Red Dead Redemption se esforça para se manter com controles característicos. Mas, eu gostaria que eles tolerassem mais divagação do caminho ideal, permitindo mais escolhas dos jogadores”.

James Myers, atual editor cinemático da Infinity Ward, que trabalhou para a Naughty Dog em Uncharted 4, se junta a discussão e comenta: “O jogo dispõe de tanta liberdade que quando nos é tirada, é especialmente perturbador”.

LEIA MAIS

ROCKET LEAGUE COMEÇA A TER CROSS-PLAY COMPLETO ENTRE PLATAFORMAS

KABUM! E-SPORTS JUSTIFICA FALTA DE COLETIVA DE IMPRENSA NO DOMINGO

LUTO: MORRE ANDRÉ MARDEN, CEO E FUNDADOR DA UPPERCUT ESPORTS