Lutas

Fim da Casa das Lutas: Narrador esportivo, Leandro Mamute anuncia oficialmente fim de contrato com o Esporte Interativo

Publicado às

Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | Facebook: Leandro Mamute.

O trabalho do narrador oficial dos eventos de MMA nos Canais Esporte Interativo chegou triste e oficialmente ao fim na última quinta-feira (10), já, que, Leandro Mamute anunciou em suas redes sociais que despediu-se do “EI”.

Leandro Mamute narrava os eventos de MMA com muita irreverência, amor, paixão e alegria, mas seu ciclo teve que ser encerrado, já que os Canais Esporte Interativo extinguiu as transmissões dos eventos de MMA.

A última transmissão de um evento por lá, foi em agosto de 2018, com isso, Leandro passou a narrar alguns jogos de outros esportes, como o futebol, porém, com o ‘elenco’ do “EI” tendo se mudado para São Paulo, o narrador achou melhor assinar oficialmente sua saída da emissora, acabando assim, a Casa das Lutas.

Em conversa exclusiva com o TORCEDORES.COM, Mamute relembrou o início de seu trabalho na emissora, que começou graças a um narrador oficial (nome não revelado) que faltou em seu dia de trabalho.

“Minha historia com o Esporte Interativo começou no final de 2013, na época trabalhava terceirizado transmitindo os jogos do canal no nordeste, era operador de replay e coordenador de equipe. Em 2014, ano que iniciei na narração, narrei meu primeiro grande evento ao vivo, sempre sonhei em ter a oportunidade mas sempre foi muito difícil. Em um dia dos Jogos Universitários brasileiros, o JUBS, o narrador acabou não chegando a tempo para o primeiro jogo e eu assumi o microfone, na época eu trabalhava como produtor do evento, e o dono da empresa gostou e começou a me dar oportunidades”, contou.

Em 2015, Mamute vestiu a camisa e abraçou com unhas e dentes a oportunidade de ‘ouro’ que lhe foi dada e seguiu normalmente o seu trabalho ate ser definitivamente contratado pelos Canais Esporte Interativo.

“Em 2015 fui contratado em definitivo para o Esporte Interativo, para trabalhar na parte técnica, e continuava trabalhando fora do Esporte Interativo como narrador, e narrei todos os esportes possíveis, inclusive paralímpico. Em 2016 fui convidado a ser announcer da Rio 2016, justamente por ter narrado a seletiva olímpica de Tae-Kwon-Do e também campeonatos de esporte paralímpico, como judo para cego, futebol de 5 e Goalball”, disse.

Leandro Mamute e a história junto ao MMA nos Canais Esporte Interativo:

Leandro Mamute seguiu sendo empenhado e conquistando cada vez mais o seu espaço dentro da emissora e logo foi convocado para narrar uma partida de basquete, até ter a oportunidade de ser o narrador oficial dos eventos de lutas dos Canais EI, o que, infelizmente, acabou, desde agosto do ano passado (2018).

“Ainda em 2016, em setembro, fui convidado para narrar um jogo de basquete no esporte interativo, eles gostaram e passaram a me colocar em alguns eventos, até que em novembro do mesmo ano narrei meu primeiro evento de lutas dentro do canal, logo consegui me identificar com o publico e de 4º narrador de lutas me tornei o oficial, todo conteúdo de lutas era narrado por mim, alem de todos os outros esportes da casa, desde liga dos campeões até mundial de ginastica artística. Em agosto do ano passado, com a extinção dos canais, o conteúdo de lutas, e muitos outros, foi descontinuado, Passei a narrar só Liga dos Campeões. Com a migração do elenco para São Paulo, após uma redução grande de pessoas, acabei sendo desligado agora em janeiro, após narrar a fase de grupos da Liga dos campeões”.

Apesar de estar em busca de ‘uma nova casa’ para que possa mais uma vez alegrar o público com sua irreverência e alegria, Leandro Mamute não deixou de agradecer, principalmente aos amigos e companheiros de transmissões, tudo o que viveu durante os 5 anos de trabalho e durante os pouco mais de 2 anos ‘morando’ na Casa das Lutas.

“Sou grato ao canal pela oportunidade. Lá dentro cresci e abracei as oportunidades. Sigo em frente de cabeça erguida, tenho certeza que fiz um bom trabalho. Sempre fui apaixonado por lutas e contei com a parceria do Breno Massena e do Tarso Doria, sempre estiveram ao meu lado no conteúdo de lutas. Espero em breve encontrar uma nova casa, amo narrar e faço isso com um prazer enorme. Apesar do meu desligamento do Esporte Interativo, o trabalho continua, sigo narrando na CBF TV, TV NSports, NBB, Live Esporte e também no Future FC, onde serei a voz oficial do evento de MMA no Brasil e além desses eventos, serei o apresentador oficial do Prêmio Osvaldo Paquetá em Curitiba no dia 19”, finalizou.

Leia também no TORCEDORES.COM:

ERICK SILVA ESTREIA CONTRA YAROSLAV AMASOV NO BELLATOR 216

COLBY COVINGTON IMPÕE CONDIÇÃO PARA PODER LUTAR NOVAMENTE PELO UFC

JON JONES COMEMORA TESTES NEGATIVOS DA USADA E PROVOCA GUSTAFSSON: “NÃO ENCONTRARAM COMBUSTÍVEL DE AVIÃO NA CENA DO ASSASSINATO”