Futebol

Mercado da bola: Cruzeiro descarta Ganso após pedida salarial

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Paulo Herique Ganso

Crédito: Sevilla FC / Divulgação

Liberado por Amiens e Sevilla para buscar clube para atuar no futebol brasileiro em 2019, Paulo Henrique Ganso teve seu nome descartado no Cruzeiro. A pedida salarial de R$ 1 milhão assustou a diretoria celeste. A informação é do jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, e do jornal O Tempo.

Paulo Henrique Ganso negocia sua ida ao Fluminense, mas o valor pedido pelo jogador e o oferecido pela diretoria Tricolor é um empecilho. Se no Rio de Janeiro não está saindo negócio, foi a vez de oferecer o atleta em Belo Horizonte.

Empresários entraram em contato com o Cruzeiro para que Ganso seja o substituto de Arrascaeta, que deixou o clube celeste para se transferir para o Flamengo. Porém, a pedida salarial de R$ 1 milhão fez com que a diretoria da Raposa já descartasse o negócio.

Outro fator que já fez com que os cruzeirenses não abrissem negociação por Ganso é Rodriguinho. O ex-Corinthians é um pedido pessoal de Mano Menezes. Cruzeiro e atleta já se acertaram, restando agora esperar a liberação do Pyramids FC, do Egito, clube atual de Rodriguinho.

LEIA MAIS

Mercado da bola: 7 negociações que podem se desenrolar nesta semana

Emissoras se unem e tentam acabar monopólio da Globo no futebol; entenda