Mercado da bola: Joia da base do Grêmio é alvo do Shakthar Donetsk

O Grêmio pode ver uma de suas revelações sob o risco de deixar o clube. Segundo informações do Uol Esporte e do Globoesporte.com, o meia-atacante Matheus Tetê estaria na mira do Shakhtar Donetsk.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial da CBF

A oferta seria de cerca de 10 milhões de euros (algo em torno de R$ 43 milhões) pelo jogador de 18 anos, que está com a seleção brasileira sub-20 para a disputa do Sul-Americano da categoria, no Chile. O time de Donetsk enviou ao país um observador para ver o jogador, José Boto.

Franck Henouda, que representa o Shakhtar na América do Sul, confirmou a oferta a Matheus Tetê, mas o Grêmio não confirma a existência de proposta por parte do time europeu. Tetê é uma das promessas da base gremista, mas ainda não teve um jogo sequer entre os profissionais. Mesmo assim, chegou a treinar com a seleção brasileira principal a convite do técnico Tite.

Além da oferta, o Shakthar oferece 8 milhões de euros de pagamento ao jogador e os 2 milhões restantes como bônus por metas e objetivos alcançados. A pedida do clube da Ucrânia foi enviada por Pablo Osório, empresário de Matheus Tetê, ao presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior, para apreciação do dirigente.

O Grêmio, no entanto, só estaria disposto a negociar o jogador mediante pagamento de multa rescisória. Esta estaria estimada em 100 milhões de euros (R$ 429,2 milhões). Enquanto as negociações andam, o jogador segue com o time sub-20 do Brasil e se reapresentará ao Tricolor ao final do Sul-Americano da categoria.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

LEIA MAIS

Libertadores 2019: jogos poderão ser transmitidos no Facebook pelas páginas dos clubes, diz blog

Netshoes aponta os times que mais venderam camisa em 2018; veja o top-10

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial da CBF)

Quem chega e quem sai dos clubes?