Mundial de Clubes 2019 não tem sede definida pela Fifa; Entenda!

A Fifa sonha em mudar o Mundial de Clubes para um formato com 24 participantes no futuro. Mas terá de passar por vários obstáculos para tirar os planos da entidade do papel. Um deles a pressão de um patrocinador para que a sede do campeonato de 2019 seja definida.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhidaFormado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo pareciod.

Crédito: Divulgação

De acordo com o blog do jornalista Marcel Rizzo, do Uol Esporte, a Fifa tem sido pressionada pela Alibaba, gigante chinesa do comércio online, pelo futuro do torneio, que ainda não tem local para acontecer nesta temporada. O motivo: um contrato de patrocínio com a entidade que vai até 2022.

A Alibaba quer a definição da sede, que geralmente é definida com até dois anos de antecedência, no qual a China aparecia como grande indicada a sediar o Mundial de Clubes. Mas a entidade máxima do futebol quer adiar a decisão até março, quando o Conselho da Fifa irá se reunir nos Estados Unidos. O que pode afetar, inclusive, o futuro do torneio e do futebol.

A Fifa quer ampliar o Mundial de Clube e criar uma Liga das Nações com formato que seria semelhante da da Uefa Nations League. A entidade está na dependência de acordos com grupos privados que possam sustentar os torneios. Com isso, há a chance de que a mudança no formato do Mundial possa acontecer até mesmo já para 2019.

Por enquanto, não há decisão sobre qual será o formato do torneio de clubes que está ainda marcado para a atual temporada ou sobre sua realização. A principal barreira é o futebol europeu, que vê suas competições atrapalhadas pelas mudanças da Fifa.

LEIA MAIS

Elenco do Flamengo valoriza palestra com Oscar Schmidt: “Eterno ídolo”

América do México lança camisa em homenagem ao Chaves

(Crédito da foto: Divulgação)