Wallace Pernambucano pede paciência à torcida do Náutico após derrotas seguidas

As duas derrotas para o Treze nos amistosos de pré-temporada, combinada com o revés para o Fortaleza na estreia da Copa do Nordeste na última terça-feira (15), ligaram o alerta no Náutico. Autor do tento de honra contra o Leão do Pici e referência ofensiva do time alvirrubro, o atacante Wallace Pernambucano pediu “paciência” ao torcedor, e projetou uma evolução gradativa do elenco do Timba.

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Léo Lemos - Divulgação - Náutico

“A torcida tem que acreditar no trabalho que estamos fazendo no dia a dia. Ninguém perde um jogo porque quer. Trabalhamos toda a semana em busca de um objetivo e as vezes dentro de campo as coisas não saem como esperado. Mas peço paciência porque vamos melhorar e conseguir as vitórias”, pontuou.

Na concepção do artilheiro do Náutico, apesar do revés para o Fortaleza em pleno Aflitos, a postura do time em campo foi boa. Principalmente pelo fato de ter atuado grande parte do jogo com um a menos, devido a expulsão do volante Josa. Exclusão esta, alvo de críticas de Wallace Pernambucano ao árbitro Ricarle Gustavo Gonçalves.

“Mesmo com a derrota acho que fizemos um jogo muito bom. Lógico que temos que melhorar na parte tática e também individualmente, além de entrarmos mais ligados para não voltar a sofrer gols bestas. Na minha opinião, o árbitro também influenciou na partida ao expulsar o Josa sem ele ter falado nada. Apenas reclamou da demora do goleiro. E o árbitro veio com palavras que ele, como árbitro, não era para ter dito para nós. Ai quando o Josa foi falar de novo acabou expulso”, relatou.

Atual campeão pernambucano, o Náutico fará sua estreia no estadual neste próximo sábado (19), às 16h, diante do Central, oponente da última final. Após a partida contra o Fortaleza, o técnico Márcio Goiano não revelou se manterá a formação, ou se poupará algum atleta, devido a maratona inicial do Timba neste início de temporada. Se depender de Wallace Pernambucano, ele estará no Lacerdão.

“Tenho condições de jogar. Sei que isso vai depender do professor, mas se ele optar por mim vou tentar ajudar da melhor maneira possível”, finalizou o avançado timbu.

LEIA MAIS: