Nicolás Cavigliasso vence o Dakar nos quadriciclos

Nicolás Cavigliasso confirmou nesta quinta-feira (17) o título do Rally Dakar entre os competidores dos quadriciclos. O argentino dominou completamente a prova, vencendo oito das dez especiais, incluindo a de hoje, que teve 112 quilômetros cronometrados entre as cidades de Pisco e Lima, no Peru.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Twitter

O resultado de hoje completa um Dakar praticamente perfeito de Cavigliasso, que esteve na liderança desde a primeira especial. O resultado representa ainda o primeiro título do argentino na prova, depois do segundo lugar obtido em 2018.

Cavigliasso completou o Dakar em 43h01min54s, marca 1h55min37s melhor em relação ao segundo colocado, Jeremías González Ferioli. Gustavo Gallego fechou a prova na terceira colocação, ficando logo à frente de Alexander Giroud, melhor piloto não argentino da prova. Manuel Andujar completou a lista dos cinco melhores.

O polonês Kamil Wisniewski fechou o Dakar na sexta posição, logo à frente de Luís Barahona, sétimo melhor desta edição. Julio Estanguet fechou o maior rali do mundo na oitava posição, enquanto Carlos Alejandro Verza foi o nono. Correndo em casa, Emilio Choy foi o décimo.