Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atual São Paulo FC não foi fundado no dia 25 de janeiro; entenda a polêmica

O dia 25 de janeiro é importantíssimo para São Paulo. Seja para a cidade, seja para o clube. De acordo com a história oficial, a data marca o aniversário do município e, também, do time futebol. A história oficiosa, porém, diverge. Ao menos no tocante ao futebol, é possível dizer que há, pelo menos, fortes indícios de que o que foi passado para o torcedor é um caminho tortuoso demais para ser facilmente entendido.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Toda a história do São Paulo é conturbada. Apenas para se ter ideia, um dos times que colaborou para a fundação do clube foi o Palmeiras. Sim, isso mesmo: Palmeiras. Mas não o Palmeiras consagrado hoje como rival do SPFC. Foi a Associação Atlética das Palmeiras, clube alvinegro tricampeão paulista no começo do século. O outro foi o Paulistano, até hoje o quinto maior campeão paulista da história. Ao se fundirem, no dia 25 de janeiro de 1930, fundaram um clube chamado São Paulo Futebol Clube. Seria simples se acabasse por aí, mas não é.

Pouco tempo depois, o São Paulo comprou uma sede luxuosíssima, o palácio do Trocadero, que ficava na rua Conselheiro Crispiniano – centro histórico de SP. Para sanar as dívidas da transação, sócios do clube resolveram se fundir com o Clube de Regatas Tietê – ativo até 2012 na capital. Muitos atletas discordaram, mas ficaram sem voz ante a assembleia geral do clube, no dia 14 de maio de 1935.

Em seu livro “História do Futebol no Brasil”, Thomas Mazzoni, jornalista que cunhou vários nomes de clássicos paulistas, foi enfático: “Diante disso, nada mais foi possível salvar. Os sócios tiveram que capitular. Estava definitivamente liquidada a vida do São Paulo F.C., da Floresta“.

O mito da refundação

Descontentes, sócios e atletas do antigo clube fundaram uma instituição chamada Grêmio Tricolor. Como o antigo SPFC tinha se fundido com o Tietê, eles fundaram um novo clube com o mesmo nome do antigo no dia 16 de dezembro de 1935. Essa, sim, data correta do atual São Paulo FC, que nunca mais foi desativado. O clube considera tal dia como a “refundação”, apenas. Visão contestada por alguns, que entendem que comemorar o aniversário do clube em 25 de janeiro é exaltar uma instituição que deixou de existir.

Um exemplo para entender a situação na prática é o adversário que o time enfrentou ontem. O antigo Grêmio Esportivo Novorizontino, vice-campeão paulista de 1990, foi desativado em 1999. O atual Tigre do Vale, que não deixa de honrar os resultados do antigo clube, é “apenas” Grêmio Novorizontino, mas fundado em 2010. Mas os clubes, em si, contam com datas de fundações distintas.

LEIA MAIS
Antes esquecido, Morumbi sediará três jogos da Copa América 2019
Com volta de Raí, título do São Paulo no Paulistão de 1998 completa 20 anos; relembre
Há 10 anos, São Paulo conquistava o penta do Brasileirão; relembre