Sport x Náutico: conheça um pouco da história – 1909-2019

O Clássico dos Clássicos é uma dos mais antigas rivalidades do futebol brasileiro. Quer saber mais sobre? Confira aqui, no Torcedores!

Anderson Lima
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação: Acervo Digital / Biblioteca Nacional

Náutico, Santa Cruz e Sport formam os três clássicos do futebol pernambucano. O mais antigo deles é Náutico x Sport. Datado de 25 de julho de 1909, é chamado de “Clássico dos Clássicos”.

A final do Pernambucano 2019 será a 17ª a ser realizada com o Clássico dos Clássicos. O placar é Sport 11 X 6 Náutico em Campeonatos Pernambucanos. O jogo de volta na Ilha do Retiro na final do PE19 é a 552ª partida no total.

De 1909 até hoje foram 551 jogos. São 212 vitórias do Sport, 181 vitórias do Náutico e 157 empates – totalizando 550. Há um jogo que nem o grande pesquisador do futebol pernambucano Carlos Celso Cordeiro (autor de dois livros sobre o Clássico dos Clássicos) conseguiu identificar o resultado. A partida aconteceu em 29/03/1931, uma final do Torneio Abrigo Terezinha de Jesus.

Sport Club do Recife e Clube Náutico Capibaribe já eram rivais no remo nos primeiros anos do século XX. Nessa época, seus brasões eram diferentes e retratavam a realidade das regatas. A adesão do alvirrubro aos esportes terrestres em 14 de julho de 1909 fez com que a disputa passasse dos rios aos gramados.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Descrito na página 2 da edição do dia seguinte do Jornal Pequeno, o 1º jogo entre Sport e Náutico deu uma impressão de aristocrata. O períodico descreveu os jogadores como “de cordialidade” e a partida aconteceu no chique British Country Club (próximo ao Estádio dos Aflitos). Pra ficar mais grã-fino, o jogo encerrou-se por volta das 18h com rodadas de champanhe pra todos. 3 a 1 para os alvirrubros (2 gols de Maunsell e 1 de Thomas para o Náutico, e 1 de C. Chalmers para o Sport).

A história documentada do primeiro duelo faz com que Náutico x Sport seja o 3º clássico mais antigo do futebol brasileiro.  Fica atrás somente do Clássico Vovô (Fluminense x Botafogo – 1905) e do Grenal (de uma semana antes – 18/07/1909).

O Jornal Pequeno tem íntima relação com o Clássico dos Clássicos. O periódico retratava em poucas páginas fielmente a vida cotidiana no Recife no fim do século XIX e 1ª metade do séc. XX. Também foi o Pequeno deu esteSoft nome ao dérbi (foto acima, a página 4 de 18/08/1945), que até então era chamado de “Fla-Flu pernambucano”.

Um Clássico dos Clássicos foi realizado fora das divisas pernambucanas. Em 15/08/1976, o estádio Álvaro de Carvalho (na época denominado Ruberleno Oliveira) foi inaugurado em Paulo Afonso (BA) pela Chesf (Companhia Hidrelética do São Francisco). A empresa era local de trabalho de milhares de pessoas da cidade à margem das barragens e a estreia foi com um Náutico x Sport. Amistoso com casa cheia (4 mil torcedores, capacidade do estádio até hoje), o resultado foi 2 a 0 para o Rubronegro, gols de Cláudio Mineiro e Pedrinho.
Por que não foi realizado um Ba-Vi? Porque neste dia era a decisão da 2ª fase do Baiano de 1978. O Vitória tentava vencer para já faturar a taça, pois ganhara o 1º turno. Entretanto, o Bahia ganhou pelo placar mínimo, levando o clássico de novo para as finais e posteriormente levando o caneco.

Estranhamente o Clássico dos Clássicos de maior torcida não foi nos Aflitos, nem na Ilha do Retiro. No Arruda, em 15 de março, pelo Pernambucano de 1998, o Sport venceu o Náutico por 2 a 0 com mais de 80 mil torcedores.

O antepenúltimo foi pela 3ª rodada do PE2019 em 27 de janeiro de 2019. 3 a 1 para o Sport na Ilha do Retiro. Gols de Hernane Brocador, Ezequiel e Adryelson; Robinho marcou para o Náutico.

O penúltimo foi na partida de ida da final do Estadual, em 14 de abril de 2019. 1 a 0 para o Sport nos Aflitos. Gol de Ezequiel. O último foi a decisão por pênaltis do título, após a vitória do Náutico na Ilha. Sport sagrou-se Campeão Pernambucano de 2019.

O Clássico dos Clássicos que marcou 100 anos da disputa foi realizado na Ilha do Retiro em 26 de julho de 2009. A partida foi válida pela 14ª rodada da série A do Campeonato Brasileiro. Foi um empate com emoção e muitos gols: 3 a 3. Confira os melhores momentos:

LEIA MAIS:
Confira quais times já estão garantidos na Copa do Nordeste 2020
Pré-Copa do Nordeste 2020 já começa em maio deste ano; confira

Narrador duvida da cobrança de falta e queimou a língua
Saiba os clubes brasileiros com maior público nas redes sociais em 2019
Ceará, Bahia e Fortaleza: os maiores clubes nordestinos no Instagram