Relembre a trajetória de Petra Kvitova até à final do Australian Open 2019

A final feminina do Australian Open acontece na manhã deste sábado (26), às 06h30, com o duelo entre a japonesa Naomi Osaka e a tcheca Petra Kvitova.

Verônica Jensen
Mãe, maratonista, colaboradora do Torcedores, amante de esportes, organizadora de eventos esportivos e turismóloga. E o meu dia tem 24h!

Crédito: Reprodução/Instagram oficial @australianopen

Essa é a primeira vez que as duas se enfrentam em uma partida no circuito. E a vitória no Australian Open vale muito mais que um troféu: tanto Petra Kvitova quanto Naomi Osaka podem conquistar o topo do ranking da WTA. Agora, só é preciso acompanhar para ver quem sairá da Austrália como a nova líder.

E aqui no Torcedores.com, você relembra como foi a trajetória de Petra Kvitova neste Australian Open:

1ª RODADA: 14 DE JANEIRO

A estreia de Kvitova no Australian Open foi contra a tenista da Eslováquia, Magdaléna Rybarikova. Jogando na 1573 Arena, Kvitova não encontrou dificuldades e venceu a partida por 2 x 0, com parciais de 6-3, 6-2.

2ª RODADA: 16 DE JANEIRO

Irina-Camelia Begu foi a adversária de Kvitova na segunda rodada. A tcheca não tomou conhecimento da romena e fechou, novamente, em 2 x 0, em 6-1 e 6-3.

3ª RODADA: 18 DE JANEIRO

Na Hisense Arena, Petra Kvitova enfrentou a suíça Belinda Bencic na terceira rodada.E, mais uma vez, foi arrasadora. Com 6-1 e 6-4, a tenista confirmou seu favoritismo e eliminou Belinda da competição.

Assim, Kvitova chegava às oitavas de final invicta, sem perder nenhum set.

OITAVAS DE FINAL: 19 DE JANEIRO

Em sua estreia na Rod Laver Arena, Kvitova enfrentou a sensação americana do Australian Open, Amanda Anisimova. Mas, a sensação que foi passada a todos que estavam assistindo à partida, foi de que Amanda não conseguiu jogar. Kvitova foi impecável e venceu por 6-2, 6-1 a partida.

QUARTAS DE FINAL: 22 DE JANEIRO

Nas quartas, Kvitova teve pela frente a jogadora da casa, Ashleigh Barty e, mesmo com toda Rod Laver Arena torcendo contra, a tcheca não se importou e impôs seu tênis sobre a australiana. Outra vitória por 2 x 0, com 6-1 no primeiro set e 6-4 no segundo.

SEMIFINAL: 24 DE JANEIRO

E, como um piscar de olhos, Petra Kvitova alcançou a semifinal do primeiro Grand Slam do ano. A norte-americana Danielle Collins foi sua adversária e mostrou, no primeiro set, que estava disposta a fazer uma partida difícil.

O primeiro set terminou em 7-6 para Kvitova; foi a primeira vez na competição que a tcheca perdeu mais de quatro games num set. Já no segundo set, a programação voltou ao normal e aplicou um pneu na adversária. 6-0 para coroar sua ida à final do Australian Open.

FINAL: 26 DE JANEIRO

E neste sábado, Kvitova terá pela frente a surpreendente Naomi Osaka, que chega à sua segunda final de Grand Slam consecutiva. A japonesa, de 21 anos, é a atual campeã do US Open.

LEIA MAIS: 

Australian Open: Relembre a trajetória de Novak Djokovic até à semifinal

Veja a repercussão entre os tenistas nas redes sociais sobre Andy Murray

Nadal sobre aposentadoria de Andy Murray: “Grande perda para o tênis”