Atlético x Danubio: Galo tem como trunfo números positivos no Independência pela Libertadores

Atlético x Danubio vão a campo nesta terça-feira (12), no estádio Independência, no duelo que irá decidir um dos participantes da terceira fase da pré-Libertadores. Para conquistar o objetivo, o Galo tem como trunfo o ótimo retrospecto pela competição quando atua no Horto. Desde 2013, quando adotou o estádio da zona leste da capital mineira como casa, o alvinegro disputou 21 partidas, sendo 16 vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Neste período, a equipe balançou as redes em 46 oportunidades e sua defesa foi vazada em 17.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.
Atlético x Palmeiras: Ricardo Oliveira analisou o duelo da 4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Crédito: Bruno Cantini/CAM/divulgação

Outro fator que ajuda o Atlético dentro do Independência é a torcida. Quando a análise recai sobre a presença de público, nota-se que nas últimas cinco participações na Libertadores, a média de público é de 19.065 torcedores, com uma média bruta de arrecadação de R$ 1.224.306.

Para a partida, a concentração do Atlético é total e, logo após o duelo pelo Campeonato Mineiro, no último sábado, quando bateu a Caldense, no Ronaldão, em Poços de Caldas, a ‘chave já foi virada’ e o assunto da coletiva de Levir Culpi em sua grande maioria foi justamente o embate decisivo contra a equipe uruguaia.

“Por outro lado, o time precisa ser inteligente, pois temos uma vantagem e em alguns momentos do jogo, dependendo de como estiver, a gente pode administrar isso também de acordo com que acontecer na partida. Mas o objetivo é um só: vencer”, comentou o comandante do Atlético.

No primeiro Atlético x Danubio, que aconteceu no estádio Luis Franzini, no Uruguai, a partida ficou empatada em 2 a 2, após o Galo estar à frente do marcador em duas oportunidades.

LEIA MAIS:

LEO SILVA EXALTA PARTICIPAÇÃO DE ATLETAS MAIS JOVENS NA VITÓRIA DIANTE DA CALNDENSE PELO MINEIRO

LEVIR CULPI FAZ MISTÉRIO QUANTO À TITULARIDADE DE GUGA NA DECISÃO DIANTE DO DANUBIO PELA LIBERTADORES