Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Na Argentina, defensor dá uma bicuda para afastar bola, acerta adversário e leva gol

Independiente x Unión foi um dos jogos da 18ª rodada da Superliga Argentina (Campeonato Argentino). A partida aconteceu no estádio Libertadores de América, neste sábado (09). A vitória dos mandantes por 2×1 teve um detalhe curioso. Por sinal, justamente o gol da equipe visitante, marcado por Bruno Pittón. Ele veio em uma jogada muito peculiar da equipe de Santa Fe.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Fox Sports/Reprodução

Aos 18 minutos do primeiro tempo, o time de Santa Fe efetuou um cruzamento do lado direito. A bola ficou viva na área e Fabricio Bustos deu uma bicuda para isolar a redonda. Ele só não contava com a presença de Bruno Pittón na área. Aparentemente, nem mesmo o autor do tento esperava. O gol foi, literalmente, de rosto – ou de cara. A bola bateu na face do atleta e entrou, abrindo o placar em Independiente x Unión.

Confira abaixo o primeiro gol de Independiente x Unión, marcado por Pittón:

A partida, porém, viu a virada do Rojo – como é conhecido o Independiente. Yeimar Gómez Andrade, zagueiro do Unión, marcou contra e cedeu o empate para o maior campeão da Copa Libertadores da América. No segundo tempo, Fernando Gaibor sacramentou a virada.

O Rojo volta a campo no próximo sábado (16), ante o San Martín. Um dia antes, o Unión recebe o vice-líder da Superliga Argentina, o Atlético Tucumán. O Independente é sétimo colocado no Campeonato Argentino, com 28 pontos. A equipe está na zona de classificação para a Copa Sul-Americana, três pontos atrás do quarto colocado, Boca Juniors – que consegue uma vaga nas fases preliminares da Libertadores. O time do Santa Fe não está muito atrás: é o décimo, com vinte e quatro pontos. A equipe fecha a zona de classificação para a segunda competição em importância na América do Sul.

LEIA MAIS
Meia venezuelano detona Maradona por apoio a Nicolás Maduro: “Das pessoas mais lamentáveis do futebol”
Ídolo de time brasileiro faz embaixadinhas em praça e dança com indígenas no Equador
Melhor jogador da América em 2018 é recebido nos EUA com festa e música em espanhol