CEO da Disney discute fusão entre ESPN e FOX em encontro no Brasil, diz blog

De acordo com o que foi apurado pelo blog “Uol Esporte vê TV” do site “UOL”, Bob Iger, presidente executivo da Disney, veio a Brasília nesta última terça-feira (12/02) para conversar com o presidente do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

O foco da reunião era resolver a pendência existente na fusão entre a Disney e a FOX, especificamente falando dos canais esportivos dos dois grupos.

Em caso de fusão entre as empresas, podemos ter uma concentração de boa parte da programação esportiva no Brasil, prejudicando a concorrência, com os canais ESPN Brasil e FOX Sports controlando boa parte do mercado, algo que o Cade procura controlar e evitar.

Pelo que foi levantado, foi discutido se o acordo poderia ser concluído sem necessidade de venda de um dos canais esportivos por parte da Disney.

Outra possibilidade seria fundir os canais em uma única emissora, algo que atrapalharia as duas marcas, já que o canal ESPN Brasil está bem solidificado no mercado, enquanto o canal Fox Sports vem ganhando espaço, graças as transmissões exclusivas já realizadas pelo canal (caso da final da Liga da Libertadores de 2018).

O problema não é exclusivo do Brasil. Em outros países, o grupo Disney encontra situações parecidas.

Nos EUA, o grupo já aceitou vender 22 canais regionais para evitar problemas de concorrência, como publicado pelo site Bloomberg.

O CEO retornou sem um acordo em mãos, já que o Cade ainda não se posicionou em relação ao acordo e não foi decidida uma data para aprovação.

De acordo com informações da Disney, o acordo deve ser fechado no primeiro semestre deste ano, e a compra poderá ser concluída em março.

LEIA MAIS

GLOBO NÃO EXIBIRÁ JOGO DO PAULISTÃO NO FIM DE SEMANA DO CARNAVAL

MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGARÁ CONDIÇÕES DE ALOJAMENTOS DA BASE DE CLUBES PAULISTAS