Champions League Ásia: Talisca, Paulinho e Cannavaro são os destaques do grupo F

O grupo F da Ásia é composto por Guangzhou Evergrande, Daegu, Sanfrecce Hiroshima e Melbourne Victory e trás o clube chinês como favorito para liderar este grupo e também para vencer a Chmapions da Ásia

Rubens Melo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: site oficial AFC Champions League

O grupo F trás um dos clubes mais conhecidos da Ásia, o Guangzhou Evergrande que já contou com nomes como Ricardo Goulart e Felipão. Das quatro equipes da chave, apenas os australianos do Melbourne City não possuem brasileiros em seu elenco. No total, há sete atletas brasileiros que vão atuar nos outros três times do grupo, além do treinador André Gaspar, que comandará a equipe coreana Daegu.

Confira as equipes do grupo F da competição:
GUANGZHOU EVERGRANDE, da China

O Guangzhou Evergrande é um dos mais tradicionais clubes da China e talvez o “mais brasileiro”, pois os chineses já contaram com jogadores como Ricardo Goulart, Muriqui, Elkesson, Allan e também o hoje treinador do Palmeiras, Luís Felipe Scolari.

O investimento chinês deu resultado, e a equipe por duas vezes foi campeã da Champions da Ásia, em 2013 e em 2015, disputando o Mundial de Clubes FIFA e alcançando à 4ª colocação em ambos.

Atualmente, o clube é treinado pelo zagueiro campeão do mundo italiano Fábio Cannavaro, e conta com os brasileiros Anderson Talisca ex-Bahia e Besiktas; e também com o volante Paulinho, ex-Corinthians e Barcelona.

SANFRECCE HIROSHIMA, do Japão

Tradicional equipe japonesa, o Sanfrecce Hiroshima nunca chegou a ganhar uma Champions asiática, porém, já disputou o mundial de clubes FIFA como representante do país-sede no ano de 2015, onde conseguiu a 3ª colocação batendo o próprio Guanghzou Evergrande.

No elenco do time nipônico atuam dois brasileiros, são eles os atacantes Patric, com passagens por Atlético Goianiense, Vila Nova e Fortaleza; e Douglas Vieira, com passagens por Juventude e Náutico.

DAEGU, da Coréia do Sul

O Daegu é um clube coreano sem tanta tradição no futebol asiático. A equipe novata na Champions asiática conquistou a vaga vencendo a Copa do seu país e vem como azarão do grupo.

Em seu elenco, o treinador André Gaspar com passagens pelo Bragantino conta com três brasileiros no elenco da equipe coreana. São eles os atacantes Dario da Silva, que atuou apenas em clubes de divisões inferiores paulistas; Edgar Silva, com passagens pelo Vasco; e Cesinha, com passagens pelo Atlético-MG, Bragantino e Ponte Preta.

MELBOURNE VICTORY, da Austrália

Apesar de nunca ter vencido a Champions da Ásia, o Melbourne Victory é presença praticamente garantida em todas as competições por ser uma das equipes mais fortes na Austrália.

O clube considerado como o mais bem sucedido na Oceania não possui nenhum brasileiro em seu elenco, e teve sua melhor campanha no ano de 2016, em que chegaram as oitavas de final.

Este ano, contarão com experiente meia Honda ex-Milan, para atuar como um tipo de jogador-treinador da equipe.

VEJA TAMBÉM:

Cinco atacantes carrascos da seleção brasileira que nunca venceram uma Copa do Mundo

Toledo faz história: confira a decisão por pênaltis de Coritiba (2)1×1(3) Toledo pelo Paranaense