Cody Garbrandt mostra respeito a Pedro Munhoz antes do duelo no UFC 235; saiba mais

O norte americano ex-campeão peso-galo Cody Garbrant retornará ao octógono mais famoso do planeta no próximo sábado, diante do brasileiro Pedro Munhoz, em duelo que acontecerá no card principal do UFC 235, que será realizado na T-Mobile Arena em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos, justamente, o mesmo local onde conquistou o título ao vencer Dominick Cruzem 2016, quando também, venceu sua última luta no UFC, já, que, foi nocauteado duas vezes pelo atual campeão, seu compatriota e desafeto declarado TJ Dillashaw.

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | Instagram: Cody Garbrandt.

Tentando retornar ao caminho das vitórias, Cody Garbrandt, atual nº 2 do ranking da divisão dos galos, afirmou em entrevista ao ‘Combate.com’, que esse é o momento mais ‘tranquilo’ de sua carreira nesses dois anos, e, que, ainda não tirou Dillashaw de seus pensamentos, desejando enfrenta-lo novamente.

“Esse é o momento mais tranquilo em muito tempo na minha carreira. Dei tudo que tinha nos treinos e estou muito feliz de estar aqui, perto de uma luta. E Vegas é uma segunda casa para mim, já ganhei um título mundial nessa mesma arena onde lutarei no sábado, então conheço a energia desse lugar e estou animado para voltar. Pensando nas lutas contra TJ, quero lutar de novo contra ele, sou um novo lutador depois dessas lutas, aprendi muito com cada uma delas, mas agora tenho pela frente um adversário muito duro, Pedro Munhoz, um dos melhores da categoria e que quer me superar para chegar ao topo”, disse.

Cody Garbrandt mostra muito respeito a Pedro Munhoz:

Parecendo estar mais humilde após as derrotas para Dillashaw, Cody Garbrandt elogiou muito Pedro Munhoz, afirmando que o brasileiro tem se tornado um lutador completo, mas, que, sua velocidade poderá fazer toda a diferença no duelo.

“Ele é um grande lutador de MMA, um brasileiro com ótimo jiu-jítsu, mas tem conseguido nocautes ultimamente, então por isso acho que Pedro tem se tornado um lutador mais completo de MMA. Ele significa um grande desafio e uma grande batalha para mim, por isso tenho um enorme respeito por ele, mas Pedro nunca encarou um cara como eu. Ele é um cara legal, mas no octógono as coisas mudam. Tenho respeito por ele, pela academia dele, a American Top Team, onde tem grandes treinadores, mas Pedro vai ser apenas uma escala para meu caminho de volta ao topo. Vou levar muitos problemas a ele, e o principal é a minha rapidez durante toda a luta. Tenho muitas qualidades técnicas, mas também me sinto muito preparado psicologicamente e emocionalmente depois de tudo que aconteceu”, finalizou.

Confira abaixo o card completo do UFC 235: Jones vs. Smith:

Card Principal:

  • Peso-meio-pesado: (c) Jon Jones vs. Anthony Smith – Pelo cinturão da categoria peso meio-pesado;
  • Peso-meio-médio: (c) Tyron Woodley vs. Kamaru Usman – Pelo cinturão da categoria peso meio-médio;
  • Peso-meio-médio: Ben Askren vs. Robbie Lawler;
  • Peso-palha: Tecia Torres vs. Weili Zhang;
  • Peso-galo: Cody Garbrandt vs. Pedro Munhoz.

Card Preliminar:

  • Peso-pena: Jeremy Stephens vs. Zabit Magomedsharipov;
  • Peso-meio-pesado: Misha Cirkunov vs. Johnny Walker;
  • Peso-galo: Alejandro Perez vs. Cody Stamann;
  • Peso-meio-médio: Diego Sanchez  vs.Mickey Gall;
  • Peso-médio: Charles Byrd  vs.Edmen Shahbazyan;
  • Peso-galo: Gina Mazany vs. Macy Chiasson;
  • Peso-palha: Polyana Viana vs. Hannah Cifers.

Leia também no TORCEDORES.COM:

POLYANA VIANA ANALISA DUELO COM HANNAH CIFERS NO UFC 235: “MINHA ESTRATÉGIA SERÁ NOCAUTEAR”

JON JONES FALA EM ROTINA ‘DESGASTANTE’ COM BATERIA DE TESTES ANTIDOPING

GOKHAN SAKI FORA DO DUELO COM SAPARBEG SAFAROV NO UFC LONDRES