Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Diaby não supera lesões e se aposenta aos 32 anos: “meu corpo não estava mais acompanhando”

Tido como “novo Vieira”, o volante francês Diaby não superou a alta quantidade de lesões e optou por encerrar sua carreira ao término de seu contrato com o Olympique de Marselha

Rubens Melo
Jornalista Esportivo colaborador do Torcedores.com. Paraibano, 26 anos. Apreciador de futebol - seja ele bem ou mal jogado, jogos eletrônicos e vários outros esportes.

Crédito: Divulgação/Twitter Arsenal

Após sofrer com muitas lesões, o volante Diaby, de 32 anos, que despontou para o futebol mundial jogando pelo Arsenal, declara que não vai mais jogar profissionalmente. O atleta que disputou a Copa do Mundo de 2010 pela seleção francesa estava sem atuar desde agosto de 2016, quando sofreu uma lesão no tornozelo.

“Eu estou colocando um fim em minha carreira como jogador profissional. Tive muitos problemas físicos, tem sido muito difícil voltar. Meu corpo simplesmente não consegue mais acompanhar.” Afirmou Diaby. em entrevista ao veículo de comunicação francês RMC.

Ao todo, Diaby disputou 216 jogos e marcou 21 gols. Jogando pelo Arsenal, clube que o projetou no cenário do futebol mundial, foram 180 jogos e 19 gols, ao longo de nove anos de carreira. Além dos Gunners, o volante jogou também no Auxerre e no Olympique de Marselha. O atleta acumulou ao todo 42 lesões em toda a sua carreira e foi homenageado tanto pela seleção francesa quanto pelo Arsenal.

CONFIRA A HOMENAGEM DO ARSENAL PARA DIABY:

A SELEÇÃO FRANCESA TAMBÉM HOMENAGEOU O VOLANTE FRANCÊS:

VEJA TAMBÉM

Champions League Ásia: Talisca, Paulinho e Cannavaro são os destaques do grupo F

Defesa de Fernando Miguel é eleita a mais bonita da 1ª fase da Copa do Brasil