Edilson Capetinha conta como deixou técnico campeão da Libertadores sem graça durante “dura” em elenco

Programas que reúnem atletas e ex-jogadores para partilhar como é a vida deles se tornam cada vez mais comuns na TV brasileira. O do SporTV se chama “Boleiragem” e é apresentado por Roger Flores. Na edição do programa da última quinta-feira (31), os convidados foram Dodô, Edilson e Dejan Petkovic. Popularmente conhecido como “Capetinha”, o atleta teve uma história muito peculiar relembrada pelo comandante do programa. Ele, por sinal, nada falou a respeito. Apenas riu.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: GloboPlay/Reprodução

Roger Flores cortou outro assunto que rendeu polêmica no programa. Edilson disse que Carlos Tevez não é craque, apenas um jogador esforçado. Quando ia complementar sua opinião sobre o assunto, Capetinha foi interrompido. Eis que, então, o apresentador começou a contar outra história.

“Eu vou contar outra sua. Você parou de jogar em 2007, na Bahia, fez uma pelada e acabou com o jogo. Aí o presidente do Tricolor ligou pra ele pedindo para o Edilson voltar a jogar. Eis que ele topou voltar”. O preâmbulo é interrompido por uma pergunta. “Quem era o treinador?”. Capetinha responde: Renato Gaúcho. O apresentador volta a falar. “Eles passavam por uma fase ruim e o técnico juntou todo mundo. Ele começou a dar dura em todo mundo. Chegou uma hora e ele falou que ninguém ali ganhou mais do que eu. Vocês têm que me respeitar. Aí lá atrás ele levantou a mão e falou: ‘Professor, não tá me vendo aqui, não?”.

Os quatro integrantes do programa gargalharam. Edilson tentou se justificar: “Rapaz, não fala isso aqui no ar não porque o Renato Gaúcho é sentimental”.

Você pode ver a edição do programa clicando aqui.

LEIA MAIS
Com Tévez entre eles, Boca Juniors pode ter mudanças para a final da Libertadores
Festa de campeão mundial pelo São Paulo tem inauguração de arena, bar, “danone” e boleiros famosos
Delegação do Vasco se irrita com a do São Paulo em evento da Copinha, ameaça se retirar e compra marmitas