Ex-agente de Lucas Lima quer comissões após romper com Neymar pai

Edson Khodor é um ex-agente de Lucas Lima. Tinha vínculo com o jogador até janeiro de 2018. Depois de ter rompido a parceira com Neymar pai e sua empresa, que passou a cuidar dos negócios envolvendo o meia, agora quer comissões de direito de imagem e salário.

Juvenal Dias
Colaborador do Torcedores

Crédito: Khodor Soccer. Edson alega ter direitos na negociação de Lucas Lima com Palmeiras

A informação é de Pedro Lopes, no UOL de Primeira, parte do UOL Esportes. Não é a primeira vez que o ex-agente vem exigir valores de Lucas Lima. Em novembro do ano passado, foi relatado no Torcedores que Edson cobrou comissões da negociação do jogador na transação do Santos para o Palmeiras. Na ocasião, a cobrança era direta com Neymar pai e a empresa N&N. Agora, a exigência é com o próprio atleta. Quer receber 10% dos direitos de imagem e 5% do salário que o Palmeiras lhe paga. Lucas Lima tem contrato até dezembro de 2022 com o Verdão. Caso seja cumprido o contrato integralmente, isso significaria um montante de R$ 6 milhões a serem pagos.

Veja os PROGNÓSTICOS dos especialistas para os jogos da semana

Segundo o jogador, juntamente com a empresa do pai de Neymar, Khodor ficou fora das negociações na época. Ele não teria prestado nenhum serviço na elaboração do acordo e não teria direito à remuneração. O que o ex-agente argumenta é de ter sido excluído da transação, concluída em 2017, mesmo ele mantendo contrato com o meio-campista. Assim, ele teria direito de receber parte dos honorários. Edson alega que Neymar pai teria oferecido um acordo de R$ 500 mil, que ele recusou.

Khodor já esteve envolvido em outras polêmicas. Na época que Lucas Lima jogava pelo Santos, o ex-agente quis bloquear as contas do time. Isso por cauda de prêmios não pagos pelo clube entre 2015 e 2017. Situação que foi resolvida no meio do ano passado.

LEIA MAIS

Torcedores do Palmeiras reprovam cinco nomes da lista de inscritos na Libertadores; veja quem são