Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-atacante lamenta passagem curta pelo Grêmio: “Eu queria ter ficado mais”

Se dependesse apenas de sua vontade, Ezequiel Miralles teria feito muito mais que 33 partidas pelo Grêmio. Contratado durante a temporada de 2011, o atacante argentino lamentou em entrevista à Rádio Gaúcha nesta semana a maneira como as coisas aconteceram durante a sua passagem por Porto Alegre.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Mas ele deixou bem claro, no entanto, que gostaria de ter ficado mais tempo no tricolor. Após deixar Porto Alegre, ele foi jogar no Santos em uma troca com o meia Elano.

“Gostaria de ter ficado muito mais tempo em Porto Alegre. O clube é muito importante e a torcida sempre foi maravilhosa comigo desde o primeiro dia, sempre me deu muito carinho. Cheguei em um momento ruim no Grêmio. Fiquei um ano, e o time teve muitos treinadores, foi difícil. A diretoria também mudou em parte. Foi o Renato quem indicou minha contratação, e ele ficou apenas dois meses comigo e saiu do Grêmio. Ficou difícil para mim. Mas as recordações são muito boas, e a cidade é incrível”, avaliou Miralles.

Um dos momentos de destaque de Miralles no Grêmio foi no lindo gol marcado contra o Flamengo, pelo Brasileirão de 2011, no Olímpico. O tricolor venceu de virada por 4×2 no reencontro de Ronaldinho Gaúcha, então jogador do Fla, com a torcida tricolor.

Miralles foi contratado pelos gaúchos junto ao Colo-Colo pelo valor de US$ 3 milhões, cerca de R$ 4,8 milhões. Pelo Grêmio, fez 33 partidas e marcou 6 gols. Atualmente, aos 35 anos, está aposentado e trabalha como dirigente de um time da quarta divisão argentina.

LEIA MAIS:

Renato confirma que Tardelli e torcida do Grêmio se empolga na web

Renato quer Grêmio festejando em caso de título da Recopa Gaúcha: “Se os outros podem, nós não podemos?”

Contra crise, colorada leva sal grosso ao Beira-Rio, vê Inter ganhar e promete manter ritual na Libertadores

Torcida do Inter se encanta com jovem centroavante, pede titularidade e Dourado aprova: “Faz por merecer”

Odorico Roman rebate dirigente do Cruzeiro e diz que Grêmio foi ignorado no caso Edílson: “Amadorismo”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram