Facebook vai usar dados dos espectadores para monetizar transmissões esportivas; entenda

“Como o Facebook vai ganhar dinheiro com as transmissões esportivas se o acesso é gratuito?”. Com certeza você já teve ou viu alguém se fazendo essa pergunta. Novidade no mercado esportivo brasileiro, a rede social chegou forte em 2019, mas ainda estuda formas de arrecadar com o serviço.

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação

De acordo com o site Máquina do Esporte, o Facebook pode utilizar os dados das transmissões para atrair patrocinadores. Em um evento nessa semana, entre executivos da rede social e patrocinadores da Champions League, o head de esportes do Facebook falou sobre as possibilidades.

“Estamos indo ao mercado com projeto para a Champions League que prevê três formas de monetização. Uma é a empresa ser tagueada durante o jogo, e ela ter o acesso aos dados de quem assistiu ao jogo. Outra é ela ser marcada dentro do conteúdo produzido em relação à partida, e o terceiro é pensarmos na criação de filtros de realidade aumentada com temas de torneios específicos para as marcas. Queremos produzir coisas diferentes. Não venderemos publicidade tradicional”, disse Leonardo Lenz Cesar.

Dessa forma, a rede social tem conseguido convencer os clubes a permitirem a transmissão de seus jogos em seus canais. O Cruzeiro estreará o serviço com um jogo exclusivo de time brasileiro. A partida acontece no dia 7 de março, pela Libertadores. Em troca, terá acesso aos dados dos torcedores que estiveram lá.

“Toda a informação ficará disponível para o clube que abrir a transmissão. Eles poderão fazer diversas ações com o torcedor a partir disso”, explicou Leonardo.

LEIA MAIS

Saiba como vai funcionar o novo sistema de cotas de TV do Brasileirão em 2019