Fluminense responde provocação homofóbica de Fellipe Bastos após título do Vasco: “derrota para o esporte”

O volante Fellipe Bastos, reserva do Vasco, provocou o Fluminense após a vitória por 1 a 0 do Cruz-Maltino que deu o título da Taça Guanabara ao clube.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

O jogador apareceu em um vídeo com um funcionário do Vasco, ainda no gramado do Maracanã, e cantou uma série de vezes “time de veado” em provocação ao Fluminense. Veja:

O Tricolor foi às redes sociais e respondeu à provocação do atleta, defendeu o combate à homofobia no esporte e a diversidade no futebol. “Sexualidade é diversidade. A intolerância não pode ter mais espaço na nossa sociedade.”

No mesmo vídeo, Fellipe ainda provocou o rival e disse que o Flu é “time de Série C”.

O lateral Igor Julião também se posicionou contra o vídeo de Fellipe Bastos e disse que “todos são bem-vindos, menos os atrasados e preconceituosos”.

Leia mais:
Adversário do Galo na Libertadores é derrotado na estreia do Campeonato Uruguaio

Veja 6 jogadores que saem em alta no fim de semana de futebol