Goleada histórica do Santos é analisada pela imprensa; veja os comentários

O Santos aplicou uma de suas maiores goleadas na noite da última quarta-feira. A equipe de Jorge Sampaoli foi até o Piauí enfrentar o Altos e goleou por 7 a 1.

Mohamed Nassif
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Ivan Storti/Santos FC

O resultado elástico foi destaque na imprensa nacional. Confira comentários de jornalistas esportivos sobre a partida:

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Milton Neves:

Em Teresina, depois de levar um susto logo aos 5 minutos de bola rolando (Luizão), o Peixe jogou tão bem, mas tão bem, que até parecia o Ituano no último domingo…Brincadeiras à parte, a superioridade foi brutal e, ainda na primeira etapa, o time de Jorge Sampaoli marcou cinco gols. Na etapa final, Soteldo e Diego Ptuca marcaram mais dois..

Leonardo Lourenço:

Contra o Altos, os que se animaram em criticar o treinador durante a semana devem ter visto com satisfação os primeiros cinco minutos do jogo, quando o time do Piauí abriu o placar numa falha bisonha de Carlos Sánchez, que furou ao tentar afastar uma bola e acabou a deixando para que Luizão fizesse o gol. Quando o primeiro tempo acabou, porém, o placar já marcava 5 a 1 para o Santos, que pouca força fez para tanto. Eduardo Sasha, preterido no Paulista, ganhou chance. Jogou pouco mais de 25 minutos, deu assistência para Pituca no último gol, mas ainda não convenceu.

Arthur Faria:

Foi a segunda vez em que o Santos saiu atrás do placar. Porém, diferente do que ocorreu contra o Ituano, o Peixe jogou futebol e foi atrás de reverter o resultado. Claro que o nível do Altos era muito menor do que do adversário de domingo. O confronto da primeira fase se tornou um jogo-treino ao Santos. O Alvinegro manteve mais de 60% de posse de bola, atacando pelas laterais e meio, além de controlar o ritmo da partida.

Leia mais:

Veja por onde anda Manoel Maria, ídolo do Peixe