Para manter o elenco campeão, Palmeiras gasta R$ 1 milhão por mês com aumentos, diz site

Publicado às

Adepto do jogo inglês, redator do PL Brasil. Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

Atual campeão brasileiro, o Palmeiras lutou para manter peças-chaves no elenco. Dudu, Bruno Henrique, Victor Luis, Thiago Santos e Miguel Borja renovaram o contrato com o clube após o título. Com aumentos, luvas e direitos de imagem, o time alviverde pagará mais 1 milhão de reais por mês para continuar com os atletas, de acordo com o UOL.

Dudu e Bruno Henrique tiveram próximos de sair do Palmeiras em 2019. Com propostas milionárias da China, o clube acabou renovando os seus contratos com um aumento significativo. Isso aconteceu com outros atletas do elenco. Victor Luís, Thiago Santos e Miguel Borja também aumentaram o seu vínculo com o Verdão.

De acordo com a matéria do UOL, o valor de aumento, os direitos de imagem e as luvas para os atletas somam mais de 1 milhão de reais por mês.

Vale dizer que o volante e lateral Jean, no clube desde 2016, também renovou com a equipe, mas não recebeu aumento salarial.

Para poder aliviar as contas, o Palmeiras enviou Alexandre Mattos para negociar alguns dos seus atletas com clubes Europa. A primeira promessa que deve ser negociada é o jovem zagueiro Vitão. Perto do Barcelona, o jogador tem contrato com o clube brasileiro até 2023.

O time alviverde ainda tenta se livrar de alguns atletas do elenco profissional. Nico Freire, que recebia 170 mil reais, de acordo com a matéria do UOL, saiu da equipe. Artur, emprestado ao Bahia, e Allione, liberado até o final da temporada a time argentino, podem ser os próximos a sair do Palmeiras.

Veja também:

Conheça 3 ex-Palmeiras que são promessas nos grandes da Europa

Dorival Júnior relembra passagem pelo Palmeiras e fala sobre a chegada da Crefisa: “A diretoria se fortaleceu”