Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

PAPO TÁTICO: Fábio Carille resgata o espírito do Corinthians de 2017 em vitória sobre o Palmeiras

O Palmeiras estava invicto no Campeonato Paulista. Já o Corinthians vinha de derrota para o Red Bull Brasil dentro do Itaquerão. O primeiro mantinha o espírito e o estilo de jogo do título brasileiro do ano passado. E o segundo ainda tentava se achar na temporada e entrosar seus reforços. Tudo apontava para uma vitória dos comandados de Luiz Felipe Scolari no primeiro Derby de 2019. Mas o futebol é a melhor invenção do homem depois do pão de queijo e do sorvete de flocos. Fábio Carille conseguiu resgatar a solidez defensiva e a força mental de dois anos atrás e fez o Corinthians vencer o clássico dentro da casa do maior rival. Melhor para o Timão e pior para o Palmeiras que teve as fragilidades do esquema de Felipão escancaradas na partida.

Luiz Ferreira
Produtor executivo da equipe de esportes da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, jornalista e radialista formado pela ECO/UFRJ, operador de áudio, sonoplasta e grande amante de esportes, Rock and Roll e um belo papo de boteco.

Crédito: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / Fotos Públicas

O gol de Danilo Avelar logo aos 7 minutos do primeiro tempo (em falha defensiva da zaga do Palmeiras) deixou a partida do jeito que o Corinthians e Fábio Carille queriam. O time se fechou no seu campo num 4-1-4-1 e viu o Palmeiras abusar dos cruzamentos para a área e das bolas longas para Dudu e Carlos Eduardo. Nem mesmo os espaços deixados por Sornoza e Jadson pelo lado direito de ataque foram bem aproveitados pelos comandados de Felipão. Faltava quem colocasse a bola no chão e distribuísse melhor as jogadas. Jogador que poderia ter sido Lucas Lima, mas que acabou sucumbindo ao nervosismo e à afobação de toda a equipe alviverde. Do outro lado, o Corinthians se segurava como podia e via o rival ter muito mais posse de bola, mas sem conseguir ser efeito e eficiente dentro de campo.

Fábio Carille resgatou o espírito do Corinthians de 2017 com muita organização defensiva e força mental. O gol de Danilo Avelar logo aos 7 minutos de partida praticamente acabou com a estratégia de Felipão no Palmeiras.

O Palmeiras voltou do intervalo disposto a jogar num abafa ainda maior do que nos primeiros 45 minutos. Tanto que Felipão chegou a sacar o volante Bruno Henrique e mandou Gustavo Scarpa na metade da segunda etapa para explorar o campo que o Corinthians oferecia. Com todos os jogadores marcando no campo defensivo, Fábio Carille fez modificações que deixaram sua equipe mais leve. Mateus Vital, Jadson e Ramiro deixaram o campo para as entradas de Gustavo Silva, Richard e Pedrinho. Fosse o Timão um pouco mais ousado, poderia até ter aproveitado melhor os espaços deixados pelo Palmeiras nos últimos minutos de partida. Ainda mais com a inexplicável atitude de Deyverson no final da partida, retrato de um Palmeiras afobado e sem muita inspiração para vencer um oponente bem organizado em campo.

O Palmeiras seguiu abusando dos cruzamentos para a área enquanto o Corinthians se fechava no seu campo e explorava os contra-ataques. Deyverson ainda seria expulso depois de atitude lamentável no final da partida.

A vitória no Derby foi importantíssima para devolver a paz ao Parque São Jorge. Tudo na base do resgate do espírito de 2017. Garra, força mental e organização defensiva. Bem do jeito que Fábio Carille gosta e aprecia. É bem verdade que o Corinthians pode jogar mais e melhor. Ainda mais com as boas opções de reforços trazidas pela diretoria. No entanto, o treinador corintiano ainda precisa corrigir o posicionamento de alguns jogadores. Jadson é importante para criar pelos lados do campo, mas já não tem o mesmo fôlego para perseguir os laterais adversários. Sornoza rende mais jogando por dentro. E Ramiro pode jogar mais e melhor vindo pelos lados do campo e fechando seu setor. E ainda há Júnior Urso, nome que pode ser muito útil para dar ainda mais força e consistência ao meio-campo do Corinthians.

Fábio Carille já deixou claro que quer sua equipe jogando de maneira organizada e concentrada cada partida que terá pela frente. E se conseguir tirar o melhor de cada jogador do elenco (tal como fez em 2017), a tendência é vermos um Corinthians ainda mais forte e ainda mais letal nesse ano de 2019.

LEIA MAIS:

Palmeiras x Corinthians: Assista aos melhores momentos da vitória do Timão no clássico

Fábio Carille elogia Danilo Avelar após gol da vitória contra o Palmeiras: “É o jogador mais regular desde a minha passagem”

Corinthians provoca Palmeiras após vitória em Derby no Allianz Parque